5 de maio de 2016

CSA X CRB - Mais de 11 mil ingressos já foram vendidos até hoje, vamos lotar o trapichão!

Ainda faltam três dias para o duelo entre CSA e CRB, no próximo domingo no estádio Rei Pelé. Mas, as duas torcidas já se adiantaram para garantir seus lugares na festa e a torcida Azulina já comprou mais de 7.238 até o final da tarde desta quinta-feira...

De acordo com a assessoria de comunicação do CSA, time mandante do jogo, uma reunião com a Polícia Militar definiu que a carga total de ingressos a serem vendidos é de 13 mil. Sendo assim, as vendas estão aquecidas e a torcida do CSA já comprou 7.238 até o final da tarde desta quinta-feira.

Para o CRB, foi destinada a carga tradicional de 30%, equivalente a 3.900 ingressos, sendo que 200 são reservados para a direção do clube e outros 3.700 para a torcida, que já adquiriu todas as entradas.

Com isso, 11.138 ingressos já foram esgotados, faltando apenas 1.862 para serem vendidos. Neste total, não são contabilizados os sócios-torcedores do CSA, que gira em torno de 3 mil. Dessa forma, o Estádio Rei Pelé deve ter um público superior a 16 mil pessoas na partida.

Departamento Médico do CSA muda rotina e aumenta carga para tratar Jean Cléber e Panda

Começar a pré-temporada na primeira semana de dezembro - antes de todos os concorrentes - colocou a preparação física do CSA em um patamar acima dos rivais. As lesões eram evento desconhecido no início do Campeonato Alagoano. Tudo, no entanto, tem seu preço. Na reta final, o departamento médico passou a receber mais visitas. Os casos mais recentes - e graves - envolvem os volantes Jean Cléber e Panda, dúvidas para a finalíssima de domingo.

A preocupação do técnico Oliveira Canindé é tomar conhecimento o quanto antes da situação clínica dos dois jogadores, peças fundamentais na campanha. O treinador tem pouco tempo para definir uma equipe titular e ensaiar jogadas até o domingo. A necessidade de uma resposta rápida é tamanha para as pretensões azulinas que o departamento médico alterou drasticamente a rotina para deixar os volantes aptos, conforme o fisioterapeuta azulino Afonso Brasileiro.

- O Jean Cleber e o Panda têm um desconforto muscular ainda. A gente está trabalhando pela manhã, à tarde e à noite, um tratamento intensivo com os dois para que estejam 100% no domingo. Eles vieram para cá (Nelsão) e participaram de um trabalho mais a parte - afirmou.

Jean Cléber deixou o clássico do último domingo com uma bolsa de gelo na região da coxa, acendendo o alerta vermelho para o departamento médico. O meio-campista ainda não treinou com bola nesta semana e passará por exames para saber a gravidade da lesão. Até o momento, os médicos azulinos trabalham com a ideia de cansaço muscular, na esperança de que não haja limitações nos movimentos para a final.

- O Jean ainda tem algum desconforto. A gente está esperando resultado de algum exame dele, que deve ser feito hoje [quinta] ou amanhã para que a gente consiga ter um parâmetro exato da situação e saber como está a condição de jogo. Continua o tratamento como se fosse para o jogo e tivesse contando com ele. Estou confiante, espero que dê tudo certo e que os exames não apontem nada de importante - detalhou o fisioterapeuta.
saiba mais

A previsão também é otimista para Panda, que se recupera de uma lesão no adutor e intensifica o fortalecimento na região. Sem Rafinha, cumprindo suspensão automática, Canindé necessita do seu jogador de confiança, com quem já trabalhou em outros clubes. O volante está na fase final do tratamento que envolve, inclusive, tirar o medo para enfim voltar ao campo.

Sem os volantes, Oliveira Canindé segue a preparação para o clássico de domingo...

CSA e CRB se enfrentam no próximo domingo, às 16h00 no Estádio Rei Pelé.

A missão do CSA neste domingo é dura. O time do Mutange precisa reverter o placar de 2 a 0 para conquistar o Campeonato Alagoano de 2016. Desde 2000, o Azulão perdeu na primeira partida de mata-mata em 16 oportunidades. Em apenas três vezes conseguiu o placar necessário para ser campeão.

Mas a Nação Azulina, em grande proporção estará fazendo a sua parte e informa que irá lotar as dependências do Trapichão, tanto dentro como nas ruas ao redor do estádio. Vamos torcedor azulino, essa é nossa vez de fazer a diferença dentro e fora do Rei Pelé.

Fontes: Minutoesportes e Globoesporte.

4 de maio de 2016

CSA É só inspiração para a virada! E vem do Paraná o árbitro Fifa que vai comandar o último clássico

Leandro Souza usa Atlético-MG como inspiração para virada do CSA na final.

A missão do CSA para sair com o título do Campeonato Alagoano, neste domingo, é das mais ingratas. Vitória simples não basta. O Azulão tem a obrigação de vencer por três gols de diferença no tempo normal ou, na pior das hipóteses, por dois, o que levaria o jogo para a prorrogação. Nestas situações, é comum que jogadores e comissão técnica busquem exemplos de superação no esporte para motivar a todos.

Resultados históricos costumam ter início em bons discursos. É preciso manejar a situação com o elenco ao longo da semana, trabalhando jogadas ensaiadas para surpreender o adversário e, especialmente, o aspecto emocional, ponto em que o zagueiro Leandro Souza vê forte influencia do técnico Oliveira Canindé. Sobre exemplos a serem seguidos, o xerife azulino prefere recorrer ao Atlético-MG na Copa do Brasil em 2014.

- Nós temos um treinador muito vitorioso. Ele nos emociona, sabe falar e mexer com o jogador. Isso vai ser uma coisa muito válida para a gente colocar em prática no domingo. Eu conversava no carro com o Douglas sobre várias situações de times brasileiros que reverteram, como o Atlético-MG, que precisava fazer três gols e fez. Nossa mentalidade é fazer o que as pessoas acreditam ser impossível. Isso que é o gostoso do futebol. Muitos podem estar achando que é um caso perdido, mas nossa confiança e certeza de que podemos entrar em campo e fazer o resultado são tão grandes que nos motivam – afirmou.

O momento delicado requer atenção especial. Por isso, a direção azulina chegou ao entendimento de que o elenco precisa de privacidade nos treinamentos. A medida tomada foi fechar os treinos para a imprensa e torcida e, além disso, transferir as atividades para um campo mais isolado, como o do Corinthians-AL, que impediria a espionagem por parte até mesmo dos rivais. Leandro Souza compartilha da ideia do “sossego” para que jogadas específicas sejam trabalhadas.

- Nossa torcida sempre nos incentivou e a gente sabe que isso aí é normal, mas a gente chega em um momento de decisão que sabe que precisa estar mais concentrado e reservado para treinar algumas jogadas que o professor vai fazer durante a semana. É válido ter esse momento reservado para que domingo a gente possa fazer um bom jogo.

Dewson Freitas da Silva, árbitro Fifa do Paraná, será o comandante da decisão de domingo em Alagoas.

Seu nome foi escolhido através do sorteio realizado na sede da FAF, através do presidente da Ceaf-AL, Hércules Martins.

Dewson será auxiliado por Danilo Simon e Daniel Paulo, ambos da Federação Paulista de Futebol.

O jogo Murici x Coruripe, um dia antes, na tarde do próximo sábado, quando será conhecido o 3º colocado do Alagano-2016, com direito de participação na Série D e Copa do Brasil, o árbitro sorteado foi José Ricardo Laranjeira. Seus auxiliares serão Pedro Jorge e Rondinele dos Santos.

Por outro lado, continua cada vez mais complicada a situação do ASA em Arapiraca. O técnico Betinho viajou sem conhecimento da diretoria, e alguns atletas estão tendo problemas para sua manutenção no dia a dia, segundo informação do companheiro Jânio Barbosa. Uma reunião nas próximas horas poderá acabar com a crise que vem prejudicando o alvinegro alagoano.

FINAL SEM FAVORITOS!

Os dois maiores clubes do futebol de Alagoas vivem momentos bem diferentes na hora "da onça beber água"! Enquanto o Clube da Praia de Pajuçara precisa empatar ou até perdeu por um gol de diferença para conquistar o bicampeonato, seu grande rival, o CSA, tem outro caminho para seguir.

O time azulino precisa fazer 3 x 0 para despachar seu grande rival de uma vez, ou, na pior da hipóteses, vencer no tempo normal por 2 x 0, e tentar conquistar o título nos 30 minutos de prorrogação, ou nas penalidades máximas, último quesito estabelecido pelo regulamento da competição para indicar um vencedor, isto se o CSA não levar nenhum gol.

Momentos a parte, que vença o melhor futebol de Alagoas e que a Nação Azulina lote todas as arquibancadas do trapichão de azul e branco. Vamos lá Azulão, nós queremos ver você campeão.

Fontes: gazetaweb, globoesporte.

3 de maio de 2016

CSA - Médico azulino diz que acredita na presença de Panda na finalíssima

Segundo Geraldo Lessa, volante pode reforçar o Azulão no domingo diante do CRB: "Iniciou a fase de transição física e tudo indica que ele vá a campo no domingo".


Ao que tudo indica, o volante Panda irá reforçar o CSA na finalíssima do Campeonato Alagoano. Em recuperação de uma lesão no adutor da coxa, o jogador foi liberado pelo departamento médico às vésperas do primeiro confronto diante do CRB e tem intensificado o fortalecimento muscular para ter condições necessárias de atuar no domingo. Segundo o médico azulino, Geraldo Lessa, as possibilidades são boas.

- O Panda está bem e estamos trabalhando para que ele jogue. Ele iniciou a fase de transição física e tudo indica que ele vá a campo no domingo. Treinou durante a manhã desta terça e treina durante a tarde, tendo preocupação em dosar as cargas para que não venha a sentir a lesão - conta.

O volante retorna em um momento importante para a formação dos time que encaram o Galo. Sem Rafinha, titular na lateral esquerda e suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Panda pode ser deslocado para o setor e reforçar a marcação por esse lado. Ele também pode jogar ao lado de Jean Cléber no meio-campo. No entanto, os ajustes do técnico Oliveira Canindé serão realizados a portões fechados. Após a derrota por 2 a 0, a diretoria e comissão técnica azulina optaram por concentração total.

Na tarde desta terça no CT Gustavo Paiva, Panda deve seguir nos treinamentos físicos. A tendência é que comece a treinar com bola a partir da quarta. Titular durante toda campanha do CSA no Campeonato Alagoano, a presença dele entre os 11 é tida como essencial por parte da diretoria.

Coruripe 1 x 1 Murici

Começou a batalha pelo terceiro lugar do Campeonato Alagoano e consequentemente a conquista da vaga no Brasileiro da Série D. O Coruripe recebeu o Murici na noite desta segunda-feira (02) no Estádio Gerson Amaral e as duas equipes terminaram empatadas em 1 a 1.

O segundo jogo está marcado para o próximo sábado, às 16h00 no Estádio José Gomes Costa em Murici. Nenhuma das duas equipes tem vantagem e quem vencer, acaba na terceira posição e garanta a vaga na competição nacional.

O JOGO

Aproveitando o fator casa, o Coruripe tinha um maior volume de jogo, apesar do equilíbrio das ações de ataque. Mas, na reta final do primeiro tempo, o “Hulk” abriu o placar através de João Paulo aos 45 minutos.

O equilíbrio continuou no segundo tempo, mas o Murici contou com uma dose de sorte para chegar ao empate. Em bola alçada na área, a defesa do Coruripe não afastou e Neilson dividiu com Junior Chicão e a bola entrou.

Fontes: globoesporte e minutoesportes

2 de maio de 2016

CSA muda programação e terá treinos fechados durante a semana

Azulão vai treinar quarta, quinta, sexta e sábado com os portões fechados para blindar jogadores em momento decisivo.

O Técnico Oliveira Canindé vai tentar deixar o time imprevisível para o jogo final do Alagoano, e as atividades voltam normalmente no clube nesta terça-feira. Às 08h30, treino normal para os atletas que não atuaram no jogo do final de semana. A tarde, reapresentação geral às 15h00, com entrada permitida apenas para atletas e funcionários do clube.As atividades voltam normalmente no clube nesta terça-feira. Às 08h30, treino normal para os atletas que não atuaram no jogo do final de semana. A tarde, reapresentação geral às 15h00, com entrada permitida apenas para atletas e funcionários do clube.

Oliveira Canindé é um treinador de estilo simples e direto, sempre descontraído nas entrevistas coletivas e que dificilmente esconde a formação titular antes dos jogos do CSA. A derrota para o CRB no primeiro jogo da final, no entanto, fez a diretoria se mexer. A avaliação dentro do Mutange constatou a necessidade de blindar os jogadores na semana de finalíssima e, além disso, deixar o técnico azulino à vontade para preparar uma eventual surpresa na formação ou estratégia.

A programação foi divulgada de maneira rápida pela assessoria. A reapresentação geral do elenco está marcada para esta terça-feira, com os titulares treinando à tarde no Mutange. Este, inclusive, será o único treino no CT azulino ao longo da semana. Na quarta, quinta, sexta e sábado pela manhã, o CSA vai utilizar o Nelsão para preparar a equipe. O campo do Corinthians-AL é visto como ideal para se distanciar da imprensa, que terá acesso às entrevistas após os treinamentos.

Na quarta-feira a grande novidade. O time inicia um período de treinos no Estádio Nelson Peixoto Feijó, que acontecerá também na quinta e sexta-feira, às 15h00, com entrada da imprensa permitida parta às 17h15, enquanto no sábado haverá um recreativo às 09h00.

O técnico azulino vai usar a semana toda para testar o substituto de Rafinha, lateral-esquerdo que vai cumprir suspensão na finalíssima. Mais que isso: a missão de Canindé é deixar o Azulão imprevisível, criar alternativas dentro da própria equipe que possam surpreender o CRB. O atacante Soares, por exemplo, teve dificuldade para sair da forte marcação do volante regatiano Olívio. João Paulo atuou como segundo volante boa parte do jogo, comandando a saída de jogo, e perdeu a intensidade pelo lado do campo. Tudo em nome de ganhar a primeira bola e articular a troca de passes.

A desvantagem do CSA para o segundo jogo é grande. Há a necessidade de vencer por três gols de diferença no tempo normal, e dois gols de vantagem levariam a partida para a prorrogação. As entrevistas do zagueiro Douglas e do volante Jean Cléber após a partida enfatizaram os 90 minutos restantes do duelo. Além do discurso baseado na motivação, será necessário dar sequência ao trabalho, como disse Canindé em coletiva.

- Já começamos "a trabalhar o emocional". Tem alguns atletas mais experimentados e rodados que não sentem tanto como os mais jovens, mas é questão de tomarmos consciência da força que temos como grupo, nos reerguermos, fazermos o que nosso torcedor espera e queremos. É um placar normal. Se estivéssemos vencido por dois, seria um placar normal, só que será uma história diferente no próximo jogo – comentou.

PREÇOS JÁ DEFINIDOS


O preço dos ingressos para o segundo jogo da final está definido. O torcedor vai precisar desembolsar R$ 20,00 para a arquibancada baixa, R$ 30,00 para a alta e R$ 100,00 para o setor das cadeiras numeradas. As vendas serão iniciadas nesta quarta-feira.

Fontes: minutoesportes e globoesporte

1 de maio de 2016

CSA - Azulão nadou, nadou, nadou e não fez gol na primeira final!!! CRB 2x0 CSA

A equipe azulina bem que estava jogando bem mas quando levou o primeiro gol e após as substituições deu um "apagão" geral na equipe azulina que não conseguiu render bem e acabou tomando alguns sustos até o final da partida.

O jogo foi equilibrado até os 10 minutos do 2º tempo com chances de um lado e do outro. O crb tinha até dificuldades para finalizar, mas foi preciso no momento de definição do clássico deste domingo.

Dois passes do meio para esquerda, de Lúcio Maranhão e Dakson, duas definições e o placar de 2x0 foi levado para o segundo jogo de 90 minutos na final.

O CSA corre agora para quebrar a boa vantagem do time regatiano que pode perder até por um gol de diferença no próximo domingo, dia 08. O Azulão que fazia a melhor campanha do estadual até agora, saiu muito ferido do estádio e sua torcida fanática super decepcionada!.

CSA e CRB voltam a se enfrentar pela quarta vez na temporada, agora, no dia 8 de Maio para decidirem o título de campeão estadual de 2016. Se na soma dos resultados, o confronto terminar empatado, o campeão será definido com uma prorrogação de 30 minutos ou na série de cobranças de pênalti.

VAMOS LÁ AZULÃO, PRECISAMOS DE SUPERAÇÃO PARA VENCER E VENCER BEM NA PRÓXIMA PARTIDA.

A TORCIDA MAIS FANÁTICA DO NORDESTE DO BRASIL!

O show da torcida Azulina

O show da torcida Azulina
...o trapichão é nosso!