27 de maio de 2013

Definido grupo do CSA no Campeonato Brasileiro da Série D

Após Botafogo-PB, Sergipe fica com a última vaga ao ser sagrar campeão estadual neste domingo.

Definido o grupo do CSA no Campeonato Brasileiro da Série D. Logo após a Paraíba apontar o seu representante – Botafogo por conta da eliminação do Campinense e do CSP, já que o Treze está na Série C -, neste domingo a última vaga ficou com o Sergipe, campeão sergipano após nove anos de jejum. O alvirrubro sergipano, que havia empatado o primeiro jogo por 0x0, agora derrotou o River Plate por 3x2.

Agora o grupo A4 é formado por Vitória da Conquista, Juazeirense, ambos da Bahia, Botafogo, Sergipe e CSA. Como detalhe, o primeiro jogo do time do Mutange na competição só se dará na 2ª rodada.

O Azulão estreia na Série D 2013 no dia 8 de junho, às 16h, no Estádio Lomanto Júnior, diante do Vitória da Conquista. A partir daí a competição sofre um mês de paralisação por causa da Copa da Confederações, retornando no dia 7 de julho, quando o CSA fará a sua estreia em Maceió contra o Botafogo. Na sequência, mais um jogo no Estádio Rei Pelé e a tabela da fase classificatória marca a seguinte programação para o CSA:

2ª rodada (8/6)
Vitória da Conquista x CSA - 16h - Estádio Lomanto Júnior

3ª rodada (7/7)
CSA x Botafogo – 16h – Estádio Rei Pelé

4ª rodada (13/7)
CSA x Sergipe – 16h – Estádio Rei Pelé

5ª rodada (21/7)
Juazeirense x CSA – 16 – Estádio Adauto Moraes

6ª rodada (28/7)
Sergipe x CSA – 16h – local a definir

7ª rodada (4/8)
CSA x Juazeirense – 16h – Estádio Rei Pelé

8ª rodada (11/8)
Botafogo x CSA – 16h – local a definir

9ª rodada (17/8)
CSA x Vitória da Conquista – 16h – Estádio Rei Pelé

Fonte: Gazetaweb

14 de maio de 2013

CSA renova com o técnico Beto Almeida para a Série D

O CSA renovou contrato com o técnico Beto Almeida para a disputa da Série D de 2013. O martelo foi “batido” em uma reunião que contou com a participação do vice-presidente Cícero Eugênio e do gerente executivo de Futebol, Elias Mansur. Além disso, foram prorrogados os contratos do goleiro Flávio, do zagueiro Leandro e do volante Levi.

Beto Almeida assumiu o CSA no dia 12 de fevereiro de 2013, quando o clube ocupava a 4ª posição na fase inicial do Alagoano. Desde então, o treinador comandou a equipe maruja em dezenove partidas, obtendo oito vitórias, sete empates e quatro derrotas. Além do retrospecto positivo, Beto foi responsável, juntamente com o elenco, pela classificação para as finais do Estadual 2013, garantindo ao clube a participação no Brasileirão, na Copa do Brasil e na Copa do Nordeste, sendo estes dois últimos em 2014.

De acordo com o presidente Jorge Sexto, além do retrospecto favorável outros fatores influenciaram na decisão de renovar o contrato com o treinador. “Beto é um paizão, tanto para os jogadores como também para nós, da diretoria. Atencioso, calmo e eficiente, o perfil dele influenciou positivamente o clube, o que resultou na boa atuação do CSA no Alagoano”, explicou. Ainda de acordo com o mandatário azulino, outras equipes demonstraram interesse no técnico, mas no final a opção dele foi por permanecer no Azulão.

Time pode sofrer algumas mudanças para a decisão do título

Sobre a equipe, até o clássico do sábado os treinos serão apenas no período da manhã. Na manobra desta terça-feira a novidade foi o retorno do atacante Diego Clementino, que nesta segunda-feira foi ao departamento médico tratar da recuperação de uma pancada sofrida no joelho.

Quanto ao time para a partida de sábado, Beto Almeida já admite algumas mudanças, mas por ora não confirma quais serão.

Na parte administrativa, até esta quinta-feira uma reunião deve ocorrer para a prestação de contas dos últimos três anos de gestão de Jorge Sexto. "Se a documentação ficar pronta até esta quinta, na sexta-feira já daremos entrada da documentação na FAF (Federação Alagoana de Futebol). Assim, ficará pendente apenas 2013 por ainda estar em andamento", afirmou o alto mandatário azulino.

Kel de volta

O meia Kel, que passou por uma cirurgia de hérnia no mês passado, retornou às atividades no Mutange nesta segunda-feira. Tendo como última partida o primeiro clássico ainda no hexagonal, o atleta já realiza trabalhos físicos no Ninho do Azulão.

De acordo com o fisioterapeuta André Soares, ainda não é possível estabelecer uma data de retorno de Kel às partidas. “Como o caso dele foi cirúrgico, ainda temos que nos reunir com os médicos do clube para elaborarmos um quadro da situação atual do atleta. Agora, ele está sendo acompanhado pelos preparadores físicos e realiza apenas trabalhos leves”, explicou André.

Kel, que no ano passado disputou o Alagoano e a Série D pelo CSA e retornou antes do início do Hexagonal de 2013, deve voltar aos 100% de sua condição física dentro do mês de maio, ficando à disposição do Departamento de Futebol caso permaneça para a disputa do Brasileirão no segundo semestre.

Bilhetes sorteados

Quem chegou cedo ao Estádio Rei Pelé (até quarenta minutos antes do início da partida) recebeu um ticket promocional para concorrer ao sorteio de 10 ingressos para o clássico final entre CSA e CRB, valendo o título do Alagoano 2013 no próximo sábado.

No intervalo da partida, os números foram sorteados na cabine de som do estádio e foram assim divulgados:

003664, 004206, 000224, 002478, 003663, 000699, 004491, 001118, 000302, 002966

Os torcedores em posse de bilhetes premiados devem comparecer à sala de imprensa do CT Gustavo Paiva e resgatar seu prêmio com o assessor Bruno Felix, a partir desta quarta-feira, no horário da manhã, sempre das 8h às 12h, até a próxima sexta-feira.

Fonte: Gazetaweb

6 de maio de 2013

CSA tem mando de campo do primeiro clássico decisivo com CRB

Azulão pede trio de árbitros de fora para os dois jogos; clubes definem ingressos a preços promocionais.

O mando de campo do primeiro clássico CSA x CRB que vai decidir o título do Campeonato Alagoano de 2013 é do clube marujo. Foi o que ficou definido, através de sorteio, em reunião realizada no final da tarde desta segunda-feira na sede da Federação Alagoana de Futebol (FAF), com presenças dos presidentes dos dois clubes e da entidade.

A questão da presença das torcidas ainda vai ser discutida pelo Ministério Público Estadual com a Polícia Militar de Alagoas e a Federação, na manhã desta terça-feira, na sede do MPE. O presidente do CRB, Marcos Barbosa, disse que não aceitaria clássico de uma torcida só e chegou a levantar a possibilidade de que os dois lados pudessem dividir, como antigamente, as dependências do Estádio Rei Pelé. Mas é provável que MP e PM mais uma vez decidam pelos 90% de ocupação por parte da torcida do clube que tem o mando de campo, o que significaria que no jogo do próximo sábado (11) os torcedores do CRB ocupariam apenas 10% das dependências - as que ficam mais próximas do placar digital, havendo a inversão na segunda partida, prevista para o outro sábado (18).

Durante o encontro desta segunda na sede da FAF, em comum acordo, também ficaram definidos os preços dos ingressos para os dois clássicos, que serão promocionais, com valores reduzidos pela metade em relação aos que normalmente seriam cobrados. Até mesmo nos dias dos jogos, serão os seguintes: arquibancada baixa - R$ 15,00; arquibancada alta - R$ 30,00 e cadeiras especiais - R$ 60,00.

A direção do CSA pretende colocar os ingressos à disposição já nesta quarta-feira, nos tradicionais pontos de venda. O início destes dois jogos é às 16h.

ARBITRAGEM DE FORA

O presidente do CSA, Jorge Sexto, anunciou que o clube pediu providências à FAF para a vinda de arbitragem de fora do Estado para os dois jogos decisivos.

- Os dois trios virão de fora. A diretoria do CSA respeita a arbitragem de Alagoas, mas nossa torcida não está satisfeita e decidimos fazer um sacrifício para que ela tenha uma maior tranquilidade - justificou o dirigente.

Jorge Sexto fez questão de mostrar sua confiança em que os torcedores azulinos lotarão as dependências que lhes serão destinadas, apoiando o time na decisão do título.

- Não tenho a menor dúvida de que o comparecimento será maciço. Nesse último jogo com o ASA já pudemos sentir o quanto ela está motivada, acreditando na equipe. Há cerca de quinze anos os dois clubes não decidem um campeonato, e isto é uma atração a mais - finalizou o presidente do CSA.

Fonte: Gazetaweb

5 de maio de 2013

CSA 1x0 ASA - Azulão vence na prorrogação e conquista as seguintes vagas: Final do Alagoano 2013, Nordestão 2014 e Copa do Brasil 2014.

Em jogo que valia vaga na final do Campeonato Alagoano, além das vagas na Copa do Nordeste e Copa do Brasil 2014, o ASA bateu o CSA por 1 x 0 no tempo normal, mas na prorrogação o Azulão do Mutange venceu por 1 x 0 na tarde/noite deste domingo (5) no Estádio Rei Pelé, e está na decisão contra o seu maior rival, o CRB.

O Jogo – 1º Tempo

No primeiro tempo, como tinha que vencer de qualquer jeito, o alvinegro começou com uma postura bem ofensiva, apertando a saída de bola azulina e atacando em bloco. Já o Azulão procurava tocar a bola em velocidade usando muito seus laterais. As duas equipes estavam com uma vontade impressionante e brigavam por cada bola, por isso era comum ter muitas faltas. Em contra-ataque fulminante, Léo Gamalho tocou para Wanderson, que ajeitou para Didira, e o camisa 10 tocou na saída de Flávio, abrindo o placar para o ASA aos 10 minutos.
Depois, o alvinegro seguiu melhor, jogando da mesma forma e às vezes oferecendo perigo. O CSA, que havia sentido o gol, tentava o contra-ataque, só que errava muitos passes. Quando conseguia a finalização, o time marujo não sabia caprichar para tentar o empate. O CSA posteriormente equilibrou o duelo, mas como seguiu com os mesmos erros não conseguia assustar tanto. Nos lances finais, o time marujo era melhor, mas continuou errando o último passe e assim a equipe arapiraquense terminou a etapa inicial em vantagem.

2º Tempo

No segundo tempo, a partida voltou bem equilibrada e novamente brigada. Mas o tempo foi passando e era o CSA quem criava mais oportunidades, pressionando eventualmente. O ASA por outro lado, se fechava bem e buscava sempre os contra-ataques pelos lados. A partida deu uma pequena esfriada, pois o Azulão voltou a errar passes que poderiam ser decisivos e o Fantasma porque não caprichava nos lançamentos para os atacantes.
Da metade para o final da etapa, o quadro do jogo não mudava e os lances de perigo não aconteciam, apesar de alguns chutes que não estavam calibrados por parte dos dois times. Priorizando a marcação, o alvinegro em quase toda a reta final esteve com seus 11 atletas na defensiva e quando partia para o ataque ia em bloco, geralmente com quatro ou cinco atletas. Mesmo assim, a partida estava de igual para igual e mesmo com o time marujo tendo mais chances, o alvinegro administrou o resultado e venceu no tempo normal, levando o confronto à prorrogação.

Prorrogação (dois tempos de 15 minutos cada)

Na primeira etapa do tempo extra, o CSA imprimia uma leve pressão e o ASA manteve a forma de atuar e se fechava na zaga tentando contra-atacar. Mas o time visitante reagiu depois e também pressionou em diversos momentos, encurralando o adversário para seu campo defensivo. Apesar de tudo isso, a etapa quase não teve finalizações e acabou empatada.
No segundo tempo do tempo extra, o CSA estava mais em cima, enquanto o ASA novamente estava recuado para fazer o contra-golpe. O equilíbrio prevalecia, só que os goleiros não tinham trabalho. Mas aos 7 minutos, Diego Clementino pegou o rebote após grande defesa de Gilson e colocou no fundo da rede, deixando o Azulão na frente. Aos 13 minutos, Léo Gamalho acertou o travessão, para sorte de Flávio. Nos lances finais, o time marujo segurou a pressão alvinegra e conquistou o seu objetivo.
Depois de um no tempo normal de 1 x 0 para o ASA e a vitória do CSA por 1 x 0 na prorrogação, o Azulão vai para a final do Estadual, além de conseguir as vagas no Nordestão e Copa do Brasil do ano que vem.
As finais, contra o CRB, serão realizadas nos próximos dias 11 e 18. O sorteio dos mandos de campo acontece nesta segunda-feira (6), na sede da Federação Alagoana de Futebol (FAF).

Ficha técnica

Campeonato Alagoano 2013 – semifinal – jogo da volta (ida- ASA 0 x 1 CSA)
Jogo: CSA 0 (1) x 1 (0) ASA
Gols: ASA- Didira, aos 10’ do 1T/ CSA- Diego Clementino, aos 7’ do 2T da prorrogação
Local: Estádio Rei Pelé, Maceió-AL

Data: 05/05 (domingo)
Hora: 17h

Árbitro: Pablo dos Santos Alves (Asp. FIFA-ES)
Auxiliar 1: Fábio Ferreira (FIFA-TO)
Auxiliar 2: Bruno Boschilia (Asp. FIFA PR)

CSA:
1- Flávio
2- Levi (17-Anderson, aos 21’ do 2T)
3- Leandro
4- Adalberto
6- Rogerinho (15-Fabiano, aos 37’ do 2T)
5- Robson
8- Rodolfo
11- Rodriguinho (18-Mendes, no intervalo do 1T da prorrogação)
10- Alex
7- Diego Clementino
9- Everaldo
Técnico: Beto Almeida

Banco CSA: 12-Jorge Miguel, 13-Cleberson, 14-Henrique, 15-Fabiano, 16-Mithyuê, 17-Anderson, 18-Mendes.

ASA:
1- Gilson
2- Gabriel
3- Tiago Garça
4- Fabiano
6- Thalysson (17-Jabá, aos 6’ do 2T da prorrogação)
5- Cal
8- Geovane
7- Pedro Silva
10- Didira (16-Marcinho, no intervalo do 1T da prorrogação)
11- Wanderson (13-Osmar, aos 12’ do 2T)
9- Léo Gamalho
Técnico: Ricardo Silva

Banco ASA: 12-Jeferson, 13-Osmar, 14-Rafael Pedro, 15- Jorginho, 16-Marcinho, 17-Jabá, 18-Rodrigo Dantas.

Fonte: TNH1

2 de fevereiro de 2013

CSA vence o CEO de virada por 2x1 com dois gols de Everaldo e volta à liderança do Campeonato Alagoano 2013.

Em duelo que valia a liderança do Campeonato Alagoano, o CSA bateu de virada o CEO por 2 x 1 num calor “infernal” na tarde deste sábado (2) no Estádio Edson Matias, em Olho D’água das Flores, no Sertão alagoano. A partida foi válida pela 7ª rodada.

No primeiro tempo, os dois times começaram bem postados em campo e faziam um jogo bastante movimentado. O Galo do Sertão começou a tomar mais atitudes e assim buscava constantemente atacar o Azulão, que de defendia bem e buscava o contra-ataque. Apesar de tudo isso nenhum dos dois times conseguia assustar os goleiros. Depois, o CSA cresceu e passou a criar as melhores jogadas de ataque. Só que o time da casa voltou a equilibrar a partida e passou a oferecer perigo em algumas jogadas. Aos 44 minutos, a bola foi cruzada na área em cobrança de escanteio e Etinho cabeceou sozinho para o fundo do gol em favor do Galo do Sertão, decretando o marcador na etapa inicial.

No segundo tempo, o CSA voltou ainda mais ofensivo e nos primeiros minutos pressionava. Só que o CEO não deixava para trás e quando ia para cima dava trabalho ao goleiro Flávio. Porém, a partida ficou morna depois e a marcação era prioridade principalmente para o time da casa, que conseguia neutralizar as jogadas de ataque do Azulão. Mesmo vencendo, o Galo do Sertão queria mais e insistia em busca do segundo gol. Sem criação, o CSA tinha dificuldade em colocar a bola com qualidade para os atacantes. Só que aos 30 minutos, Everaldo mandou um bico de fora da área e o goleiro Humberto tomou um frango entre as pernas. Foi o gol de empate do time marujo. Aos 36 minutos, novamente Everaldo recebeu e de fora da área completou para o fundo da meta, virando o marcador. Nos lances finais, o time da casa foi para cima, mas o Azulão se segurou bem e conseguiu sair vencedor.

Com o resultado de 2 x 1, o CSA, que precisava da vitória buscar a liderança, assumiu o 1º lugar com 13 pontos, dois a mais que o próprio CEO, que aparece na 2ª posição com 12 pontos, e dois a mais que o vice-líder Corinthians, que joga neste domingo contra o CSE.

Ficha técnica

Campeonato Alagoano 2013 – 7ª rodada
Jogo: CEO 1 x 2 CSA

Gols:
CEO- Etinho, aos 44” do 1T
CSA- Everaldo, aos 30' do 2T

Local: Estádio Edson Matias, Olho D’água as Flores-AL
Data: 02/02 (sábado)
Hora: 15h

Árbitro: José Reinaldo Figueiredo (CBF-AL)
Auxiliar 1: Rondinelle Tavares (CBF-AL)
Auxiliar 2: Raquel Ferreira Barbosa (CBF-AL)

CEO:
1- Humberto
2- Vovô
3- Williams José
4- Vitor
6- Nildo
5- Mazinho
7- Cristiano (14-Roger, aos 25’ do 2T)
8- Palhinha
10- Nen (16-Sóstenes, aos 34’ do 2T)
11- Ivan (17-Denilson, aos 25’ do 2T)
9- Etinho
Técnico: Jaelson Marcelino

Banco CEO: 12-Osmar, 13-Noé, 14-Roger, 15-Aurélio, 16-Sóstenes, 17-Denilson, 18-Jorge Caju.

CSA:
1- Flávio
2- Leandrinho
3- Leandro
6- Adalberto
4- Rhenan (15-Rodolfo, aos 10’ do 2T)
5- Levi
11- Celico
8- Marielson
10- Everaldo
7- Robério (18-Gilmar, aos 15’ do 2T)
9- Mendes (17-Washington, aos 33’ do 1T)
Técnico: Lorival Santos (expulso aos 32’ do 2T)

Banco CSA: 12-Hudson, 13-Cleberson, 14-Mithyuê, 15-Rodolfo, 16-Patrick, 17-Washington, 18-Gilmar.

Fonte: TNH1

A TORCIDA MAIS FANÁTICA DO NORDESTE DO BRASIL!

O show da torcida Azulina

O show da torcida Azulina
...o trapichão é nosso!