24 de dezembro de 2012

CSA - Ranking da Folha coloca Azulão na 21ª colocação no País.

Ranking da Folha coloca CSA na 21ª colocação no país, segundo critérios estabelecidos, Azulão do Mutange é o único clube alagoano entre os 33 primeiros colocados.

Ao contrário do novo levantamento da CBF, que conta apenas o histórico dos últimos cinco anos e o coloca muito longe dos primeiros colocados, o CSA aparece com destaque no Ranking Folha divulgado nesse domingo. Subiu duas posições e agora está em 21º lugar, deixando para trás o Náutico e o Goiás. Segundo critérios estabelecidos pelo jornal Folha de São Paulo, o ranking conta títulos e vices na elite do futebol nacional, regional, estadual e internacional.

O Azulão é o único clube alagoano entre os 33 primeiros colocados.Para o vice-presidente geral do clube, Cícero Eugênio, o objetivo do clube é manter a atual posição e, se possível, crescer.- Particularmente, acho interessante, tem que lutar pra manter. É tentar crescer ainda mais. Pela força que tem da torcida no geral, não merece estar na atual situação.CuriosidadesEntre os 21 primeiros colocados, o CSA é o único que não está atualmente nas séries A, B e C. Além do time do Mutange, apenas mais cinco clubes do Nordeste estão entre os 33 primeiros.

Ranking da CBFCom a nova reformulação no Ranking da Confederação Brasileira de Futebol, que leva em consideração os últimos cinco anos das equipes, o CSA ocupa a 71º colocação, com 1.115 pontos. Seu maior rival, o CRB, está no 50º lugar e possui 2.606. O líder entre os alagoanos é o ASA, que participa da Série B desde 2010.

Fonte: Gazetaweb

20 de dezembro de 2012

CSA nos detalhes finais para fechar parceria com Grêmio.

Entre três e quatro jogadores virão; em contrapartida, clube gaúcho terá preferência para levar revelações da base azulina.

Através do seu gerente executivo, Elias Mansur, o CSA deu um grande passo para fechar uma parceria com o Grêmio e contar com reforços do clube gaúcho na temporada do próximo ano. O dirigente azulino conversou pessoalmente com o novo presidente gremista, Fábio Koff, durante a posse do mesmo, na noite desta terça-feira, em Porto Alegre, e restam agora detalhes finais a serem discutidos para que três ou quatro jogadores possam ser liberados para vir defender o Azulão no Campeonato Alagoano.

Segundo confirmou nesta quarta-feira o presidente executivo do CSA, Jorge Sexto, a parceria funcionará na base de um intercâmbio. "É um negócio que será bom para os dois lados. Receberemos atletas que não vão ser aproveitados em 2013 pelo Grêmio e, em contrapartida, daremos àquele clube preferência para levar alguns atletas da nossa base para ganharem experiência por lá. Tudo será feito através de contrato de empréstimo, com valores estipulados para futura negociação, caso eles queiram ficar com os nossos garotos em definitivo" - esclareceu o dirigente.

Ao que tudo indica, até a próxima sexta-feira Mansur terá os nomes dos reforços a serem liberados pela equipe gaúcha.

Embora considerando que a parceria com o Grêmio "está encaminhada", Jorge Sexto disse que o CSA tem outras alternativas, citando Botafogo e Flamengo como clubes que também estariam interessados num intercâmbio de jogadores.

O volante Lucas Garcia, liberado pelo Vitória-BA, continua aguardando o envio de passagem aérea para viajar e se apresentar ao CSA. Já o meia Andrezinho tem sua apresentação em Maceió marcada para o dia 26 deste mês.

JOGO-TREINO

Com treinamentos físicos e táticos, e palestras dirigidas pelo técnico Lorival Santos, prossegue nesta quarta-feira a pré-temporada na Barra de São Miguel.

Nesta quinta-feira, os jogadores terão folga pela manhã, mas voltam às atividades à tarde, num jogo-treino diante de uma seleção de São Miguel dos Campos.

À princípio, Lorival Santos deverá escalar a equipe com a base utilizada nos último coletivos, com Flávio; Leandrinho, Leandro, Adalberto e Fabinho; Levi, Jucemar Gaúcho, Celico e Marielson; Gilmar e Fellipe Garoupaba. No decorrer do jogo-treino, ele promoverá alterações, devendo observar em ação também os demais reforços contratados e outros atletas que formam o atual elenco azulino.

A pré-temporada será encerrada na sexta-feira. No sábado, a delegação segue para Aracaju-SE, para o amistoso contra o Confiança. No regresso, as atividades voltarão a acontecer no CT Gustavo Paiva, no Mutange.

Fonte: Gazetaweb

19 de dezembro de 2012

CSA faz jogo-treino nesta quinta-feira na Barra de São Miguel.

Equipe de Lourival Santos será testada diante de uma seleção de São Miguel dos Campos.

Antes do amistoso contra o Confiança, marcado para o próximo sábado, em Aracaju-SE, o CSA realiza um jogo-treino diante da seleção de São Miguel dos Campos na tarde desta quinta-feira, no "Orlandão", na Barra de São Miguel. Na ocasião, o técnico Lorival Santos pretende observar em ação a base que vem mantendo nos últimos treinos com bola e fazer os ajustes necessários, inclusive com alterações no decorrer da movimentação, para definir a equipe que vai começar jogando no final de semana.

Na manhã desta terça-feira, o treinador já pode observar a equipe considerada principal com algumas mudanças durante um coletivo realizado na Barra, com dois tempos de 25 minutos cada. No decorrer da atividade, Lorival colocou Rhenan no lugar de Fabiano, na lateral-esquerda, Claudinho no meio de campo, em substituição a Celico, e Alisson no posto de Fellipe Garoupaba, no ataque.

O time "A" formou com Hudson (Flávio foi mais exigido na equipe "B"); Leandrinho, Leandro, Adalberto e Fabiano (Rhenan); Levi, Jucemar Gaúcho, Celico (Claudinho) e Marielson; Gilmar e Fellipe Garoupaba (Alisson).

Os jogadores foram liberados na parte da tarde, contando com um descanso recuperativo, e voltam a treinar na manhã desta quarta-feira.

PRESTAÇÃO DE CONTAS

O departamento jurídico azulino preparou uma notícia-crime para dar entrada na Polícia Civil no sentido de fazer com que o ex-vice-presidente financeiro Marcelo Bibiano entregasse os documentos relativos à movimentação financeira do clube durante a sua gestão, até 2011. Bibiano havia prometido protocolar a papelada no último dia 10, mas não o fez, irritando a diretoria executiva, que havia dado um prazo final até a próxima sexta-feira para que ele repassasse a documentação, sob ameaça de receber uma notificação da Delegacia do 4º Distrito.

Mas na manhã desta terça-feira, o presidente do Conselho Deliberativo, Rafael Tenório, entrou em contato com o ex-dirigente e, segundo afirmou à imprensa, convenceu Bibiano a lhe entregar os papéis até esta quinta-feira para que os repasse ao presidente executivo, Jorge Sexto, viabilizando assim a prestação de contas em atraso dos últimos cinco anos de administração.

Fonte: Gazetaweb

18 de dezembro de 2012

CSA pode acertar com mais um meia-atacante.

Azulão já estaria definido para enfrentar o Confiança, no amistoso de sábado, em Aracaju.

O CSA pode acertar com mais um meia-atacante. Informação é do gerente executivo do clube, Elias Mansur, que ainda se encontra em Porto Alegre para uma reunião com a nova diretoria do Grêmio e que vai estar em pauta possível parceria com o Azulão.

Este meia-atacante seria um jogador experiente, a exemplo de Andrezinho. Já sobre o acordo com o Grêmio, Mansur espera a posse da nova diretoria do tricolor gaúcho, que só ocorreraá nesta terça-feira. A reunião está agrendada para quarta-feira e se tudo der certo o CSA vai receber jovens valores ainda sem espaço no time principal do Grêmio, na faixa etária de 18 a 20 anos.

Enquanto isso, o elenco azulino abriu, nesta segunda-feira, a última semana da pré-temporada na Barra de São Miguel. E pelos treinos dos últimos dias, o time já estaria definido para o amistoso do próximo sábado, em Aracaju, contra o Confiança. Portanto, o Azulão deve começar atuando com Flávio; Leandrinho, Leandro, Adalberto e Fabiano; Levi, Jucemar Gaúcho, Celico e Marielson; Gilmar e Fellipe Garoupaba.

Detalhe é que desta formação sete são remanescentes da temporada 2012. O zagueiro Adalberto, que no fim de semana machucou o joelho direito, já voltou aos treinos e deve ter o seu nome confirmado. De sobreaviso está o novato Rhenan.

O goleiro Flávio comenta: “A diretoria foi inteligente em manter uma base. E estes amistosos, pois estou sabendo que há outro programado para 5 de janeiro, são importantes para dar um boa noção de conjunto para os jogadores, particularmente para aqueles que estão chegando”.

Sobre o meia-atacante Andrezinho, cujo último clube foi o AEP, do Chipre, é esperado em Maceió após o Natal, no dia 26. Quanto ao volante Lucas Garcia, que pertence ao Vitória e estava no Sergipe, adiou sua chegada por não estar encontrando voo promocional para a capital alagoana.

Em contrapartida quem já está incorporado ao elenco azulino é o lateral-direito Diego. O atleta apareceu sábado na Barra de São Miguel, deu voltas ao redor do campo, priorizando a sua recuperação física. O mais recente clube de Diego foi o Audax (SP).

Fonte: Gazetaweb

12 de dezembro de 2012

CSA tem trabalhos físicos e apresentação de reforços.

O dia do CSA foi de muito trabalho sob o sol escaldante da cidade da Barra de São Miguel nesta quarta-feira (12). Trabalhos físico e técnicos, somados a chegada dos dois últimos reforços, Gilmar Couto e Jardel, marcaram o dia da equipe maruja.

O elenco azulino treinou na manhã desta quarta-feira, mas folgou no período da tarde. Primeiro, o preparador físico Vitor Albuquerque comandou trabalhos físicos com o elenco e posteriormente o treinador Lorival Santos comandou trabalhos técnicos e táticos.

Em seguida, o time retornou para a concentração na cidade litorânea e ganhou descanso no período da tarde. O dia foi marcado pela apresentação dos reforços Jardel, meio campo e o atacante Gilmar Couto, que chegaram e passarão por testes físicos nos próximos dias.

Gilmar e Jardel chegam para reforçar o ataque do CSA no ano do seu centenário.

Os atacantes Gilmar Couto, 29 anos, e Jardel, 23, já foram incorporados ao elenco como novos reforços do CSA com vistas à disputa do Campeonato Alagoano de 2013. Os dois jogadores já participaram, inclusive, das atividades físicas e com bola desenvolvidas na manhã desta quarta-feira no "Andradão", estádio em que o clube faz sua pré-temporada na Barra de São Miguel. Altos, eles são atacantes de área, que costumam atuar mais entre os zagueiros adversários.

Gilmar, que ajudou o Baraúnas-RN a subir para a Série C do Brasileirão, iniciou a carreira em Alagoas, defendendo o Igaci, e acumulou bastante experiência no futebol nos últimos anos. Defendeu o ASSU-RN em dois campeonatos potiguares e também atuou pelo Salgueiro-PE no Campeonato Brasileiro da Série B de 2011. Além disso, teve passages por clubes das divisões de acesso do futebol alemão.

Já Jardel, natural de Santa Catarina, participou da campanha do Rio Branco na na Série A3 de São Paulo neste ano.

Até o final da semana, outros cinco jogadores deverão se apresentar em Maceió. Dois deles virão para o meio de campo, um outro para a lateral-direita e os outros dois são um volante e um zagueiro. Estes últimos são os atletas escolhidos por Lorival Santos na relação colocada à disposição pelo Vitória-BA quando o treinador esteve recentemente em Salvador.

A previsão da direção maruja é formar um elenco com 28 atletas, podendo esse número chegar no máximo a 30. Outros reforços estão sendo tentados pelo gerente executivo do clube, Elias Mansur, no Rio Grande do Sul. Ele vem observando jogadores em jogos do Brasileirão Sub-20, mas segundo informou o vice-presidente geral, Cícero Eugênio, a prioridade é escolher jogadores no Grêmio. Nesta quarta-feira, Mansur prestigia a posse do novo presidente gremista, Fábio Koff, que ficou de lhe apresentar uma relação de jovens valores disponíveis. O dirigente marujo só deve retornar à capital alagoana no próximo dia 22.

Depois dos treinamentos realizados pela manhã na Barra, os atletas marujos têm folga da tarde desta quarta-feira, retomando as atividades na manhã desta quinta-feira.

Fontes: Cadaminuto e Gazetaweb

11 de dezembro de 2012

CSA recebe mais dois atacantes nesta quarta-feira.

Até o final da semana, deverão chegar dois meias, um volante e um lateral.

O CSA recebe nesta quarta-feira mais dois jogadores contratados para o ataque. Depois das vindas de Jean Lucca e Fellipe Garoupaba, o clube está trazendo aqueles chamados atacantes de referência, que atuam mais dentro da área, entre os zagueiros. Os nomes só serão divulgados pela diretoria depois que os dois reforços se submeterem aos exames médicos de rotina e forem liberados para os treinamentos.

Até o final da semana, outros quatro jogadores deverão se apresentar em Maceió. Dois deles virão para o meio de campo, enquanto os outros dois para as funções de volante e lateral. Estes últimos seriam os atletas escolhidos por Lorival Santos na relação colocada à disposição pelo Vitória-BA quando o treinador esteve recentemente em Salvador.

A previsão da direção maruja é formar um elenco com no máximo 28 atletas, podendo esse número chegar no máximo a 30. Outros reforços estão sendo tentados pelo gerente executivo do clube, Elias Mansur, no Rio Grande do Sul. Ele vem observando jogadores em jogos do Brasileirão Sub-20, mas segundo informou o vice-presidente geral, Cícero Eugênio, a prioridade é escolher jogadores no Grêmio. Nesta quarta-feira, Mansur deve prestigiar a posse do novo presidente gremista, Fábio Koff, que ficou de lhe apresentar uma relação de jovens valores disponíveis. O dirigente marujo só deve retornar à capital alagoana no próximo dia 22.

Os treinamentos prosseguem na Barra de São Miguel, com atividades físicas e com bola nesta terça-feira. Amanhã (quarta-feira), haverá movimentação no estádio local apenas no período matinal.

Fonte: Gazetaweb

3 de dezembro de 2012

CSA - Rodolfo é aprovado pelo departamento médico e após defender CRB na Série B, Jucemar Gaúcho está de volta ao elenco azulino

Adotando a política do sigilo, nestes últimos dias clube recebeu outros dois jogadores, que foram reprovados nos exames médicos.

Seguindo a linha adotada pela diretoria azulina nas contratações, o volante Rodolfo passou nos exames médicos a que foi submetido e foi confirmado como reforço do CSA para a temporada de 2013. O jogador, que chegou no último sábado, ainda vai assinar contrato, mas já participou da atividade física cumprida pelo elenco na manhã desta segunda-feira numa academia.

"Estou feliz em defender o CSA, um dos grandes clubes do Nordeste, e espero corresponder à expectativa do clube mostrando um futebol capaz de ajudar meus novos companheiros na luta pelo título estadual no próximo ano" - disse o atleta, que afirmou ser um segundo volante que gosta de sair para o jogo e que sabe chutar forte de fora da área ou de bola parada.

Rodolfo Américo Rodrigues, de 27 anos, é natural de Monte Azul Paulista/SP e veio do futebol paulista, onde conseguiu o acesso à Primeira Divisão com o Atlético Sorocaba. Ele é o terceiro atleta a chegar ao Mutange neste período de contratações, juntamente com os atacantes Fellipe Garopaba e Jean Lucca.

O gerente executivo do CSA, Elias Mansur, deve viajar nesta semana para fechar novas contratações. Novos reforços devem chegar a Maceió até o próximo domingo.

Jucemar de volta

Outra novidade no Mutrange na manhã desta segunda-feira foi a presença do volante Jucemar Gaúcho, que tem contrato com o Azulão até dezembro do próximo ano. Depois de defender o CRB na Série B, o jogador se apresentou ao técnico Lorival Santos, colocou o uniforme de treino e foi para a academia iniciar o período de recuperação física.

"Estou retornando ao clube com o qual me identifico. Defendi o CRB, mas, mesmo lá, continuava com vículos fortes com o Mutange. Tanto é assim que quando alguém falava mal do CSA, eu protestava. Vamos para mais uma temporada e, com a base que está sendo mantida e os reforços que estão chegando, tenho certeza de que faremos uma grande temporada" - disse Jucemar.

A partir desta semana, os jogadores azulinos passam a ter contato com a bola, depois de passar os últimos dias se movimentando apenas fisicamente. A programação da semana aponta exercícios físicos e treinamentos técnicos durante todos os dias e na manhã do próximo sábado.

Ainda de acordo com a programação, o início da pré-temporada, provavelmente na Barra de São Miguel, está marcada para a próxima segunda-feira, com a comitiva azulina devendo deixar o CT Gustavo Paiva e se dirigindo para lá por volta das 22h30 do dia anterior (domingo).

Fonte: Gazetaweb

28 de outubro de 2012

CSA na expectativa de receber os primeiros contratados para 2013.

Desde o início de Outubro, a expectativa no CSA ficava por conta do novo vice-presidente de futebol, Raimundo Tavares, começar a fazer os primeiros contatos para a formação do elenco para 2013 e as contratações já iniciaram para a temporada...


Marquinhos Mossoró é o novo gerente de futebol do CSA

Depois de ter deixado o Campinense envolvido em vários problemas de bastidores, o ex-gerente de futebol rubro-negro, ex-jogador Marquinhos Mossoró, vai exercer a mesma função no CSA em 2013. O anúncio foi feito pelo presidente do Conselho Deliberativo da agremiação, o empresário Rafael Tenório.

A apresentação do novo cartola azulino acontecerá na próxima segunda-feira (29), na sede do clube marujo.

Marquinhos Mossoró atuou como atleta do CSA em 2006, no Campeonato Alagoano, e posteriormente defendeu o CRB na reta final da participação da equipe praiana no Campeonato Brasileiro da Série B daquele ano.

Laterais Leandrinho e Fabiano renovam com o CSA para o Alagoano 2013

A dupla de laterais Leandrinho e Fabiano acertou a permanência no CSA para a disputa do Campeonato Alagoano 2013. Ambos defenderam o clube na Série D deste ano, com boas atuações. O contrato dos atletas é até o mês de maio de 2013.

De acordo com o supervisor de futebol, Lourinaldo Melo, as negociações estavam sendo feitas desde o início do mês de outubro, e a publicação no BID aconteceu no final da semana passada. Leandrinho e Fabiano aguardam, agora, os rumos da Diretoria de Futebol e o início da pré-temporada, que deve acontecer no final do mês de novembro.

Os dois se juntam aos goleiros Flávio e Anderson Paraíba, aos zagueiros Leandro e Cleberson, ao volante Levi e ao atacante Júnior Paraíba, entre outros, na lista dos que têm contrato até o final do Alagoano 2013.

Reunião ordinária entre a diretoria executiva e o conselho deliberativo.

Reprogramada novamente para acontecer na quinta-feira, foi novamente adiada.

O empenho pela participação do maior número possível de representantes da Diretoria Executiva e do Conselho Deliberativo na reunião ordinária do CSA ocasionou o adiamento da mesma para a próxima semana. A viagem de alguns integrantes do grupo gestor do Azulão impossibilitou a realização do encontro, que estava marcado para ocorrer nesta quinta-feira (25), no CT Gustavo Paiva.

De acordo com o presidente Jorge VI, o adiamento é inoportuno, porém necessário. “Alguns dos componentes têm compromissos em outras cidades, alguns até mesmo em prol do CSA. Por isto decidimos adiar o encontro para a próxima semana, em um dia a ser definido”, explicou. O mandatário azulino reforçou, no entanto, que isto não significa que a diretoria está parada. “Todos os setores do clube estão encaminhando seus projetos específicos. Tanto é que o Marketing já se reuniu no início da semana e vai ter outra reunião por estes dias. É muito trabalho, mas estamos todos nos empenhando bastante", assegurou.

Fonte: Gazetaweb

17 de setembro de 2012

CSA já dispensou o equivalente a um time, onze jogadores até agora!.

Clube Azulino consegue verba da Liga do Nordeste que vai ajudar no pagamento do mês de Agosto.

Do elenco que participou da Série D 2012, o equivalente a um time ou a uma escalação – onze jogadores – já não faz mais parte do CSA. Além disso, um empréstimo já foi firmado: o do volante Jucemar Gaúcho, que agora vai defender o CRB pelos próximos três meses.

Alguns dos dispensados houve quem não teve chance no time, como foi o caso do volante Jota - um dos últimos a ser contratado. Outros tiveram participação destacada ao longo da temporada, como foi o caso do meia-atacante Washington.

A lista dos dispensados até o momento é a seguinte: Sinval, Jota, Guêba, Danilo Lopes, André Luiz, Celico, Washington, Warley, Safira, Paulinho Macaíba e Gustavo Carvalho. Este último passou a maior parte do tempo no departamento médico. Esta lista tende a aumentar até o final do dia porque também já estão acertando seus desligamentos os jogadores Adalberto, Rafael e Duda.

Clube recebe R$ 25 mil da Liga do Nordeste - Presente à reunião da Liga do Nordeste, realizada nesta quarta-feira, em Fortaleza-CE, ao lado de representantes dos 16 clubes que compõem a entidade, o presidente em exercício do CSA, Cícero Eugênio, volta a Maceió trazendo na bagagem R$ 25 mil, valor que o Azulão tem direito, como um dos fundadores da Liga do Nordeste.

E esse dinheiro, segundo o dirigente, já tem destino certo: “Vai ser para ajudar no pagamento da folha salarial de agosto”.

Como ainda segue fazendo os acordos com os atletas, após a eliminação no Brasileiro da Série D o CSA efetuou apenas 20% do pagamento de agosto e esses R$ 25 mil servirão para ajudar a concluir a folha.

Ainda de acordo com Eugênio, o Azulão recebeu R$ 25 mil, mas os clubes que vão disputar a competição em 2013 tiveram direito a uma quantia maior.

Dois dos reforços permanecem no clube.

O trabalho de rescisão de contratos dos jogadores que reforçaram o clube não só no Alagoano mas também na Série D 2012 continua. Porém, pelo menos dois dos reforços vão permanecer no clube, ao menos por enquanto.

É que como estão machucados, o clube é obrigado a ficar tratando de suas recuperações. Um deles é o lateral-esquerdo Fabiano, que não atuou mais desde quando sofreu uma forte pancada diante do Itabaiana, no interior sergipano. Com uma lesão na cartilagem do joelho direito, Fabiano vai ainda se submeter ao processo cirúrgico.

O outro é o meio-campista e também lateral Claudinho, que se lesionou no último jogo do CSA no Campeonato Alagoano. Também com problema no joelho, o atleta não joga desde então. O fisioterapeuta André Soares, um dos responsáveis pela recuperação dos jogadores lesionados do Azulão, disse que como o caso do Claudinho está mais adiantado, torce para que o jogador participe da pré-temporada para o Alagoano 2013 junto com o elenco principal.

Por outro lado, neste processo de enxugamento da folha, pois não há mais nenhuma atividade até o fim do ano, exceto o sub-15, no Campeonato do Sesi/TV Gazeta, o CSA está devolvendo os atacantes Wilson e Wagner ao Tombense (MG), clube que hoje detém 70% dos direitos econômicos destes jogadores.

CSA mantém só uma categoria em atividade até fim do ano.

Após participação nas duas primeiras etapas da Série D 2012, agora a única atividade do CSA, até o fim do ano, é a participação no Campeonato do Sesi/TV Gazeta com a equipe sub-15. Portanto, são cerca de três meses com o futebol profissional fechado, só reabrindo as portas no começo de dezembro para a pré-temporada visando o Campeonato Alagoano de 2013.

Sobre os jogadores que têm contrato até outubro, vão ser chamados para um acordo. E quem tem vínculo com o clube até o próximo ano, neste período de recesso vai receber apenas metade do salário. Segundo a diretoria, isso faz parte de um acordo prévio porque as cotas de patrocínio caem drasticamente a partir de agora. A diferença será paga quando o futebol profissional voltar às atividades.

Nesta participação no Campeonato Brasileiro, o CSA estava recebendo patrocínio mensal de R$ 267.500,00, repartidos da seguinte maneira: R$ 80 mil do Governo do Estado, R$ 28.500,00 do BMG, R$ 19 mil da Lojas Guido, R$ 15 mil da Camponesa, R$ 15 mil do Grupo Coringa, R$ 10 mil da Tchuk Jhones e R$ 100 mil da CBF. A folha do clube, incluindo comissão técnica e funcionários, é de R$ 250.300,00.

Permanece - O presidente do Conselho Deliberativo do clube, Rafael Tenório, que logo após o jogo deste domingo disse que estava renunciando ao cargo, voltou atrás de sua decisão e segue ajudando a direção executiva.

Para a temporada 2013, certos por enquanto o CSA só tem a participação no Campeonato Alagoano e na Copa do Brasil.

Título na base - Para compensar o gosto amargo pela eliminação no Campeonato Brasileiro, no sábado o time sub-20 sagrou-se campeão alagoano da categoria ao golear o arquiinimigo CRB - em pleno Severiano Gomes Filho - pelo placar de 3x0. No primeiro jogo das finais, no CT Gustavo Paiva, o Azulão havia perdido para o Galo praiano por 2x1. Daí, acabou ficando com o título no saldo de gols.

Fonte: Gazetaweb

9 de setembro de 2012

CSA não consegue furar retranca do Campinense e é eliminado do Brasileiro da Série D.

Azulão precisava de uma simples vitória, mas não passou do 0x0 no Estádio Rei Pelé.

O CSA decepcionou o grande público de 15.000 azulinos que compareceu ao Estádio Rei Pelé neste domingo (09), com a esperança de vê-lo passar à terceira fase da Série D e ficar mais perto da tão sonhada vaga para a Série C do Brasileirão do próximo ano. Precisava de uma simples vitória, mas não teve capacidade para furar a retranca do Campinense-PB e acabou ficando no empate de 0x0, sendo eliminado eliminado da competição.

A partida no Trapichão teve um público de 15.129 torcedores, com 12.090 pagantes, o que proporcionou ao time da casa uma renda de R$ 178.855,00.

O JOGO

O CSA partiu para cima, tentando abrir o marcador logo no início para reverter a desvantagem. E a primeira grande chance saiu aos seis minutos. Após cobrança de falta pela direita, o meia Ronaldo se esticou todo no segundo pau, mas não conseguiu finalizar na pequena área, com a defesa do Campinense afastando na hora ‘h’.

O time do Mutange dominava as ações. Com bom volume de jogo, concentrava as tentativas pela direita, no avanço de Leandrinho. Porém, o time da casa errava muitos passes, precipitando-se quando de frente para o gol. E quando a bola chegava, a dupla de ataque não encontrava espaço para a conclusão em gol – Macaíba, por exemplo, encerrou sua participação na Série D sem marcar um gol sequer.

Até que o Campinense, que se fechava bem – limitando-se à velocidade do contra-golpe –, chegou a gostar do jogo, criando boa chance já aos 20 minutos. O veterano atacante Warley recebeu pela esquerda e chutou de fora da área. A bola passou perto do travessão do goleiro Flávio, que viu a redonda sair à sua esquerda.

O time do técnico Freitas ainda criaria outra boa chance na primeira etapa, mas o CSA seguia superior, apesar de não acertar o último passe. E aos 42’ saiu a melhor oportunidade do Azulão. Após cruzamento da esquerda, o atacante Washington surgiu livre de marcação e cabeceou de peixinho, mas a bola passou raspando o poste direito de Pantera, saindo pela linha de fundo.

Insatisfeito, o técnico azulino Lorival Santos mexeu pela primeira vez aos sete minutos da segunda etapa, quando o lateral Leandrinho saiu para a entrada do volante Guêba. Um minuto depois, o CSA quase abriu o marcador. Após cobrança de escanteio pela direita, o zagueiro Leandro subiu mais alto que todo mundo e acertou o travessão, de cabeça.

O Azulão seguia dominando as ações, encurralando o time rubro-negro em seu campo de defesa. Aos 17’, Lorival decidiu colocar o atacante Jonatas no lugar do zagueiro Rafael Araújo, que jogou improvisado na lateral esquerda. Mas o CSA, cuja apreensão crescia com o passar do tempo, parecia estar diante de um paredão, já que a bola batia e voltava.

Já aos 24 minutos, o time da casa voltou a chegar bem, desta vez em lance de bola parada. O meia Ronaldo cobrou falta da direita e viu o goleiro Pantera se esticar todo para fazer a defesa com a ponta dos dedos, caindo no canto direito e espalmando para escanteio.

Dois minutos depois, o mesmo Ronaldo avançou pela esquerda e cruzou rasteiro. Paulinho Macaíba se enrolou com a bola no primeiro pau e acabou desarmado na hora 'h', para a revolta do torcedor azulino.

O time alagoano seguiu tentando até o minuto final, sem sucesso. Na última chance real de gol, já aos 34’, Ronaldo foi para nova cobrança de falta e voltou a dar trabalho a Pantera, que mais uma vez se destacou. O meia azulino chutou da direita, encobrindo a barreira e acertando o ângulo superior esquerdo do goleiro rubro-negro, que, no reflexo, pôs a bola para a linha de fundo.

O árbitro ainda deu quatro minutos de acréscimos, mas o CSA não conseguiu fazer o gol que o colocaria na terceiura fase da Série D. Encerrado o jogo, seus jogadores desceram para o vestiário sob vaias e protestos da torcida azulina, enquanto o atletas do Campinense destejavam em campo a classificação.

Fim de jogo: atletas azulinos descem para o vestiário, vaiados pela torcida.

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro Série D 2012 – Oitavas de final (partida da volta)
Jogo: CSA 0 x 0 Campinense-PB
Local: Estádio Rei Pelé, Maceió-AL
Data: 09/09 (domingo)
Hora: 17h

Árbitro: Marielson Alves Silva (CBF-BA)
Auxiliar 1: Adailton José de Jesus Silva (CBF-BA)
Auxiliar 2: Elicarlos Franco de Oliveira (CBF-BA)

CSA:
1- Flávio
2- Leandrinho (15-Guêba, aos 8” do 2T)
3- Leandro
6- Adalberto
4- Rafael (18-Jonatas, aos 18” do 2T)
5- Levi
8- Jucemar (16-Robério, aos 31” do 2T)
11- Celico
10- Ronaldo
7- Washington
9- Paulinho Macaíba
Técnico: Lorival Santos

Banco CSA: 12-Anderson Paraíba, 13-Cleberson, 14-Sinval, 15-Guêba, 16-Robério, 17-Safira, 18-Jonatas.

Campinense:
1- Pantera
2- Ferreira
3- Breno
4- Ben-Hur
6- Renatinho Carioca
5- Charles Wagner
7- Anderson Paulista
8- Fernandes
10- Izaías (17-Nino Paraíba, aos 16” do 2T)
11- Potita (19-Anderson Oliveira., aos 17” do 2T)
9- Warley (18-Marabá, aos 31” do 2T)
Técnico: Freitas Nascimento

Banco Campinense: 12-Sérvulo, 14-Celso, 15-Madson, 16-Luciano Totó, 17-Nino Paraíba, 18-Marabá, 19-Anderson Oliveira.

Após eliminação, técnico azulino pede desculpas à torcida.

O clima no ambiente azulino, após a eliminação na Série D do Brasileiro, neste domingo (09), esquentou ainda no vestiário do Estádio Rei Pelé, onde o CSA não conseguiu sair de um empate sem gols contra o Campinense-PB, classificado para as quartas de final da competição. Isso porque, enquanto o técnico Lorival Santos pediu desculpas ao torcedor azulino, o dirigente Rafael Tenório disse que teria faltado hombridade aos jogadores e que não vai continuar à frente do Conselho Deliberativo.

O treinador, por sua vez, em breve coletiva à imprensa, não conseguia esconder a tristeza pela eliminação. Ele fez questão de parabenizar o profissionalismo de toda a comissão técnica e jogadores. “Peço desculpas à torcida azulina. Não faltou empenho. Porém, infelizmente, futebol é feito de resultado, não de intenção”, comentou Lorival.

Para o técnico do CSA – dono da segunda melhor campanha da competição na primeira fase –, não faltou empenho. “Falei para os jogadores no intervalo que ser campeão da Série D seria mais fácil do que conseguir o acesso. Não faltou nada. Buscamos, mas o resultado não veio. Obrigado e não mais tenho condições de falar”, emendou Lorival Santos.

Entre os jogadores, o sentimento também era de frustração. O zagueiro Cléberson foi um dos poucos que falaram à imprensa, repudiando a atitude do presidente licenciado do Conselho Deliberativo. “Agora é acertar as contas e ir para casa. No final, ainda nos decepcionamos com o caráter de alguém que acabou mostrando quem é”, alfinetou o jogador, que esteve entre os suplentes na partida deste domingo.

Já o goleiro e capitão Flávio, que abriu mão de parte do salário para motivar o grupo, saiu em defesa do time. “O mundo não acabou e o CSA tem todas as condições de se reeguer no próximo ano. Eu me propus a ajudar o time com a gratificação, no caso de classificação. Sei das condições de cada jogador. São homens de bem, capacitados, e ficamos tristes pelo que aconteceu. Tenho contrato com o CSA até o final do mês e pretendo cumpri-lo. E não sou perdedor, assim como este grupo”, desabafou.

Fontes: Gazetaweb e tudonahora

2 de setembro de 2012

CSA perde por 2x1 para Campinense no final da partida e é obrigado e vencer o jogo da volta. Torcida do CSA é recebida com pedras e fica revoltada com tratamento em Campina.

Azulão joga por vitória simples ou por diferença de dois gols no dia 9, Domingo, no Estádio Rei Pelé;

Neste Domingo, dia 09, O Trapichão será todo AZUL e BRANCO, e a Massa Fanática Azulina está toda convidada para tomar conta do Estádio Rei Pelé e ajudar o nosso CSA a passar desta importante fase, garantindo participação na próxima fase e continuando na briga pelo Título e pelo acesso a série C de 2013.

Torcida do CSA é recebida com pedras e quase fica sem ingressos. Torcedores azulinos informaram que foram recebidos com pedras na Paraíba. “O pessoal do Campinense tentou agredir os primeiros torcedores do CSA que chegaram em Campina Grande arremessando pedras, mesmo não sendo de organizadas. Ninguém se feriu, mas tivemos um susto grande”, afirmou Wood Rafael ao TNH, afirmando que chegou depois do acontecimento e ouviu os relatos.

Durante a semana, o CSA tentava garantir pelo menos 300 ingressos para esta partida, porém, não teve retorno. Em relado ao TNH, os torcedores azulinos disseram ainda que não havia ingressos à venda no Estádio Amigão. “Nós ameaçamos que iríamos ligar para o Procon, e depois disso apareceram alguns ingressos. Só que pelo menos metade dos azulinos não conseguiram garantir o seu”, disse ainda Wood Rafael.

Em novo contato minutos antes da partida, os azulinos informaram que os ingressos chegaram, mas não tinham de estudante à venda. Os azulinos conseguiram entrar e estavam em grande número, entre 400 e 500 pessoas.

No intervalo da partida, torcedores do Campinense arremessaram bombas na direção da torcida do CSA. Embora as explosões fossem fortes, não houve relatos de feridos.

Em 2011, pela Série C do Campeonato Brasileiro, torcedores do CRB e também do América-RN relataram os mesmos problemas nos jogos em Campina Grande, com a torcida do Campinense.

O Jogo na casa do adversário

O CSA perdeu sua invencibilidade na Série D ao ser derrotado por 2x1 para o Campinense neste sábado, no Estádio Ernani Sátiro, em Campina Grande-PB, em jogo que abriu o mata-mata entre os dois na luta por uma vaga para a terceira fase da competição, que vai decidir o dono de uma das vagas para a Série C do Brasileirão do próximo ano.

Com a vitória, o time paraibano garantiu a vantagem para o jogo da volta. Poderá empatar por qualquer placar para se classificar. O CSA ficará com a vaga se conseguir uma vitória simples (1x0). Se o representante alagoano vencer por 2x1, as duas equipes ficam iguais em tudo e decidirão a classificação através de cobranças de pênaltis. Se o Azulão ganhar o jogo, por exemplo, por 3x2, 4x3, 5x4..., a vaga ficará com o Campinense, pelo critério de gols marcados na casa do adversário. Ou seja, se não for pelo placar mínimo, o CSA precisará vencer por diferença de no mínimo dois gols.

A partida teve dois tempos distintos. No primeiro, sem conseguir acertar em campo e construindo poucas jogadas de ataque, o CSA foi envolvido pelo adversário, que abriu o placar. Na etapa final, o time comandado por Lorival Santos foi para cima, dominou a maior parte das ações e chegou ao empate, mas acabou sofrendo o gol da derrota praticamente no minuto final.

Considerado o setor mais sólido durante toda a primeira fase, a zaga do CSA começou o jogo cometendo falhas de marcação. E o Campinense se aproveitou disso para marcar o primeiro gol logo aos 12 minutos. Em cobrança de escanteio, a bola encontrou o atacante Warley na grande área. Livre de marcação, ele a mandou de cabeça para o fundo da meta de Flávio.

O CSA tentou a reação imediata e, três minutos depois, foi com perigo para o ataque. Ronaldo cruzou para Jônatas, que invadiu a grande área e finalizou para a linha de fundo, assustando ao goleiro Pantera.

Sentindo que a zaga azulina continuava sem acertar, principalmente pelo lado esquerdo, ocupada pelo improvisado Celico, o técnico Lorival Santos decidiu fazer a primeira alteração. Aos 18', retirou Jônatas, passou Celico para o meio, e deslocou Adalberto para a lateral, colocando então Cleberson no miôlo da zaga, ao lado de Leandro.

O CSA se estabilizou na retaguarda e passou a buscar mais frequentemente o ataque. Aos 21', Jucemar Gaúcho avançou e cruzou para a área do Campinense, mas nem Paulinho Macaíba e nem Safira alcançaram a bola, que se perdeu pela linha de fundo.

Com a vantagem no placar, o Campinense adotou uma postura de maior cautela em campo, mas sem deixar de manter a ofensiva, explorando principalmente as arrancadas de Fernandinho pela esquerda, infernizando a vida do lateral Leandrinho.

Aos 30', o zagueiro Leandro falhou no primeiro combate a Warley, mas em seguida se recuperou diante do atacante, evitando o segundo gol.

Perdendo o jogo, o time alagoano tentou de forma desordenada as jogadas de ataque. As jogadas não fluíam bem e nas poucas vezes em que chegou perto da meta de Pantera, o CSA finalizava mal.

E assim foi o clima até o final do primeiro tempo.

O Campinense voltou modificado para a etapa complementar. O atacante Eduardo Rato ficou no vestiário, entrando Rafael no seu lugar.

O CSA começou a segunda parte do jogo indo para cima do Campinense. E logo no primeiro lance, levou perigo para o adversário. Paulinho Macaíba finalizou, mas a bola saiu prensada pelo zagueiro Ben-Hur. No rebote, Jucemar Gaúcho, da meia-lua, soltou a bomba, mas ela se perdeu pela linha de fundo.

O CSA havia retornado sem novidades, porém, oito minutos depois de a bola rolar, Lorival queimou a segunda substituição, colocando Washington no posto de Safira e dando assim maior mobilidade ao meio de campo azulino.

Aos 10', a primeira grande oportunidade do CSA no segundo tempo: em cobrança de falta, Ronaldo chutou colocado e a bola ia entrando quando o goleiro Pantera deu um tapa, mandando-a para escanteio.

Aos 14', o Campinense também promoveu a segunda mudança, com a entrada de Isaías no posto de Adriano Felício.

Com a equipe alagoana melhor em campo, insistindo mais, o time paraibano procurou priorizar a marcação no campo de defesa e explorar os contragolpes.

Paulinho Macaíba não conseguia acertar no ataque, e o treinador Lorival Santos decidiu trocá-lo pelo jovem atacante Robério, aos 14 minutos.

Aos 26', o CSA tentou três vezes seguidas, mas não conseguiu colocar a bola no fundo da meta adversária. Primeiro foi com Ronaldo, depois com Jucemar Gaúcho e por último com Leandrinho.

O Campinense respondeu aos 30'. O armador Fernandes invadiu a área e ia ficando em boa situação para ampliar o placar, mas no último momento a defesa do CSA chegou e tocou para escanteio.

Na cobrança, a zaga azulina tirou da grande área. O CSA partiu então para o contragolpe e, de tanto insistir, acabou chegando ao gol de empate.

O meia Ronaldo chegou na entrada da área e sofreu falta. Washington ameaçou cobrar, mas foi o próprio Ronaldo que chegou para chutar a bola, colocando-a no ângulo direito de Pantera. O goleiro ainda tocou na bola, mas não evitou o gol azulino, para vibração do grande número de torcedores do CSA que compareceram ao Amigão.

O jogo ficou aberto na reta final, com os times se alternando nas idas ao ataque.

E nos últimos minutos, a euforia da torcida do CSA acabou se transformando em frustração, graças a nova falha da retaguarda maruja. Aos 44', o atacante Marabá, livre de marcação, não perdoou e colocou a bola no fundo da rede de Flávio, colocando o Campinense outra vez à frente no placar.

Aos 46', o CSA ainda teve boa chance de empatar novamente. Ronaldo foi para nova cobrança de falta na entrada da área, mas dessa vez mandou a bola, embora perto do ângulo de Pantera, para linha de fundo.

No final, a torcida do Campinense comemorou uma vitória difícil que dá ao time paraibano importante vantagem para o jogo da volta.

Ficha técnica
Campeonato Brasileiro Série D 2012 – Oitavas de final
Jogo: Campinense 2x1 CSA

Gols:
Campinense- Warley aos 12” do 1T e Marabá aos 44” do 2T
CSA- Ronaldo aos 33” do 2T

Local: Estádio Amigão, Campina Grande-PB
Data: 01/09 (sábado)
Hora: 16h

Árbitro: Emerson Luiz Sobral (CBF-PE)
Auxiliar 1: Jossemmar Diniz Moutinho (CBF-PE)
Auxiliar 2: Elan Vieira De Souza (CBF-PE)

Campinense:
1- Pantera
2- Ferreira
3- Breno
4- Ben-Hur
6- Renatinho Carioca
5- Charles Wagner
7- Anderson Paulista
8- Fernandes
10- Adriano Felício (16-Izaías, aos 12” do 2T)
11- Eduardo Rato (19-Rafael, no intervalo)
9- Warley (18-Marabá, aos 29” do 2T)
Técnico: Freitas Nascimento

Banco Campinense: 12-Sérvulo, 14-Celso, 15-Eduardo Recife, 16-Izaías, 17-Totó, 18-Marabá, 19-Rafael.

CSA:
1- Flávio
2- Leandrinho
3- Leandro
6- Adalberto
4- Celico
5- Levi
8- Jucemar
11- Jonatas (13-Cleberson, aos 18” do 1T)
10- Ronaldo
7- Safira (17-Washington, aos 8” do 2T)
9- Paulinho Macaíba (18-Robério, aos 22” do 2T)
Técnico: Lorival Santos

Banco CSA: 12-Beto, 13-Cleberson, 14-Sinval, 15-Guêba, 16-Rafael Araújo, 17-Washington, 18-Robério.

Técnico Lorival Santos lamenta falhas individuais e de posicionamento

Falhas individuais e de posicionamento levaram o CSA a ser derrotado pelo Campinense neste sábado à tarde, quando começou a segunda etapa da Série D 2012. Sem citar nomes, análise é do treinador Lorival Santos, ainda mais porque a derrota veio quando a partida já estava muito perto dos acréscimos.

- Tomamos um gol que ainda não havíamos sofrido sob o meu comando – disse Lorival se referindo ao primeiro tento do Campinense. “Começamos o jogo perdendo a segunda bola e na busca pelo jogo aéreo eles foram felizes. Porém, a partir da primeira alteração encaixamos a marcação”, acrescentou. A primeira substituição azulina foi Cleberson por Jônatas, reforçando a marcação e diminuindo o ímpeto do adversário.

O técnico azulino prosseguiu na sua análise ao afirmar que o CSA mandou no 2º tempo, buscou o empate e conseguiu, mas no fim foi castigado por uma falha da sua defesa, que estava com a bola dominada e permitiu que o Campinense a roubasse e fizesse o segundo gol já praticamente sem chance para o Azulão buscar novo empate, embora o meia Ronaldo criou mais uma boa oportunidade nos acréscimos.

Alterações fizeram Azulão crescer de produção, que merecia melhor sorte no jogo - As mudanças feitas por Lorival Santos no 2º tempo também deram resultado. A destacar a entrada do meia-atacante Washington, que de luto pela morte de seu pai havia sido liberado pela direção e comissão técnica marujas, mas na volta de Natal passou por Campina Grande (PB) e pediu para entrar na relação deste jogo, no que foi atendido e ficou na suplência porque praticamente não treinou durante a semana.

Ao sair de campo, o meia-atacante Washington dirigiu-se ao setor da arquibancada onde estava a torcida azulina e prometeu a classificação daqui a uma semana, em Maceió. Emocionado, Washington disse que estava cumprindo um pedido de seu pai pouco antes de falecer. “Ele disse que eu vá em frente nesta profissão que eu escolhi. Vou brigar por esta classificação também em memória a ele”.

Já o zagueiro Leandro lamentou o resultado: “Perdemos no vacilo nosso. Agora é nos aprimorarmos mais ainda nos treinamentos da próxima semana para darmos a classificação ao nosso torcedor”.

O CSA agora joga por vitória de 1x0 ou dois gols de diferença para prosseguir no Campeonato Brasileiro. Se devolver o placar desta tarde a partida vai ser decidida nos pênaltis. Qualquer outro resultado diferente destes a vaga fica com o Campinense.

Ingressos - CSA x Campinense

Desde a última quarta-feira (29), começaram as vendas dos ingressos para a partida de volta contra o Campinense, aqui em Maceió, Domingo, dia 9 de Setembro, dois dias após nosso aniversário de 99 anos.

Precisamos de pouco mais de cinco mil (5.000) ingressos de arquibancada alta vendidos para quitar os 35% restantes da folha, e proporcionar um ambiente extra-campo ainda mais tranquilo para nossos guerreiros e seus familiares, que como nós, torcem pelo sucesso do Azulão. Se conseguirmos ultrapassar essa barreira de 5.000 ingressos, que é muito pouco diante da força da nossa torcida, mais um obstáculo será vencido!

Como sempre, os pontos de vendas são: lojas Base Azul e Tchuk Jhones, restaurante Pimenta de Cheiro, lanchonete Superbit’s, sede da FAF e CT Gustavo Paiva (Mutange). Compre o seu, convoque amigos, familiares, unam todas as forças em prol do nosso CSA. O poder é nosso, e nós, azulinos de corpo, alma e coração, temos capacidade para superar as adversidades. Só depende de nós!

Todas as noites, a diretoria irá fazer um apanhado das vendas e divulgar nos veículos oficiais do clube. Acompanhe, e contribua para nosso sucesso!

Fontes: Gazetaweb, Asscom CSA e Tudo na hora.

30 de agosto de 2012

CSA - Sem Washigton, técnico resolve testar novas formações na defesa e no ataque. Azulinos estão preocupados com a arbitragem de Sábado.

O treinador Lorival Santos já adiantou que a base da equipe que conseguiu a classificação para a segunda etapa da Série D 2012, na vitória diante do Feirense, vai ser mantida. Isso porém não impede de ele promover algumas situações nestes dias que antecedem a partida contra o Campinense.

Daí é que no treino com bola desta quarta-feira de manhã, no CT Gustavo Paiva, Lorival Santos experimentou duas formações em dois setores do time: o miolo de zaga ora esteve com Leandro-Cleberson e ora com Leandro-Adalberto; e, no ataque, ora com Safira-Paulinho Macaíba e ora com Júnior Paraíba-Vagner.

Contra o Feirense o CSA alinhou com Flávio; Leandrinho, Leandro, Adalberto e Celico; Levi, Jucemar Gaúcho, Jônatas e Ronaldo; Safira e Paulinho Macaíba. Com a ausência já confirmada do lateral-esquerdo Fabiano, Celico segue mantido nesta posição.

Sobre o meia-atacante Washington, que no domingo fez o gol da vitória contra o Vitória da Conquista e na maior parte dos jogos foi titular, novamente esteve em Natal neste início de semana, para visitar seu pai, mas já retornou para Maceió no fim da manhã desta quarta-feira. Como perdeu parte dos treinos desta semana, a tendêndia é que seja suplente no jogo deste sábado.

Por outro lado, o meia Ronaldo sofreu uma forte pancada no tornozelo esquerdo ao ponto de tirá-lo do treino da tarde desta quarta-feira. Jogador já está em tratamento e será reavaliado nesta quinta-feira, antes da viagem para Campina Grande (PB).

E a diretoria azulina liberou mais 30% do salário de julho para funcionários, jogadores e comissão técnico. Agora aingindo 65%, restam outros 35% para fechar a folha. Os dirigentes agora esperam contar com os torcedores na aquisição dos bilhetes para o jogo da volta contra o Campinense, no dia 9 de setembro, no Rei Pelé. Os preços são R$ 15 para a arquibancada baixa, R$ 20 para a arquibancada alta e R$ 50 para as cadeiras especiais. Os pontos de venda são os de sempre: lojas Base Azul e Tchuk Jhones, lanchonete Superbit’s (Av. Amélia Rosa/Jatiúca), restaurante Pimenta de Cheiro (em frente ao Trapichão), sede da Federação Alagoana de Futebol e no CT Gustavo Paiva (Mutange).

CSA preocupado com a arbitragem de sábado

Pertencente à Federação Pernambucana, porém paraibano de nascimento é o árbitro central da partida Campinense x CSA, que acontece às 16h deste sábado, no Estádio Ernani Sátiro, pela abertura da segunda etapa da Série D 2012. Este detalhe está preocupando a equipe azulina ao ponto de o treinador Lorival Santos ter pedido a sua substituição. Quem vai vai apitar este jogo é Emerson Luiz Sobral.

- Já conversei com os nossos dirigentes e inclusive solicitei árbitro Fifa, mas parece que não há mais tempo para a CBF atender a este pedido. Para mim é no mínimo estranho um paraibano comandar uma partida decisiva como esta. Aliás, por conta do regulamento, todos os confrontos a partir de agora são decisivos porque o critério passa a ser eliminatório. Só nos resta torcer que ele seja árbitro na acepção da palavra – disparou Lorival Santos.

Este jogo está, aliás, envolto em uma guerra de bastidores. Com hospedagem inicialmente em Campina Grande (PB), a delegação maruja fica agora na capital, João Pessoa, onde nesta sexta-feira vai realizar o treino final. É que a direção do Campinense teria interferido na estadia do CSA na cidade onde vai ocorrer a partida. E nesta quinta-feira de manhã, antes da viagem, a direção azulina pediu à direção do rival 500 ingressos para os torcedores marujos. Só que até o momento do embarque – início desta tarde – ainda não havia obtido resposta.

Mais uma baixa e escalação deve ser repetida - Sem o lateral-esquerdo Fabiano, que ainda não se recuperou da lesão no joelho direito, o CSA ganha mais uma baixa para este compromisso: meia-atacante Washington, que voltou a ser liberado para ir até Natal desta vez para acompanhar o sepultamento de seu pai. No início do mês Washington já havia ganho esta permissão para visitar seu pai, que estava bastante enfermo. Psicologicamente abatido, agora o jogador só se reintegra ao elenco azulino no início da próxima semana.

Fontes: Futebol Alagoano e Gaetaweb.

26 de agosto de 2012

CSA vence com seu time B o Vitória da Conquista na BA por 1X0.

Azulão amplia vantagem na Série D. O Campinense da Paraíba será o adversário do CSA na segunda fase do campeonato brasileiro da série D. A classificação da Raposa paraibana aconteceu com a vitória diante do Petrolina-PE, por 3 a 1 no interior pernambucano na tarde deste domingo (26).

O primeiro duelo ainda não tem data confirmada. Provavelmente acontecerá no próximo sábado (01), já que o Treze-PB tem um jogo marcado para o domingo (03) pela série C, no Estádio Ernani Sátyro, conhecido como AMIGÃO.

Já o segundo jogo acontecerá no Estádio Rei Pelé, em Maceió, no dia 09.

A direção do CSA já informou que os ingressos para o jogo da volta só começarão a serem vendidos na segunda-feira (03).

Viagem Cansativa

Mesmo enfrentando uma viagem cansativa, de quase 20 horas, e jogando com seu time B e fora de casa, o CSA encerrou sua participação na primeira fase da Série D do Brasileirão de forma brilhante, mantendo sua invencibilidade e somando mais três pontos.

Classificado de forma antecipada em primeiro lugar no Grupo A4, o time azulino venceu por 1x0 o Vitória da Conquista na cidade baiana de mesmo nome, neste domingo, e chegou aos 20 pontos.

Com este resultado, o representante de Alagoas ampliou a sua vantagem, garantindo o jogo da volta em casa no caso de alcançar a terceira etapa da competição. O Vitória terminou na lanterna, com apenas 4 pontos ganhos.

O Azulão vai para o primeiro mata-mata no próximo domingo, em Campina Grande-PB, diante do Campinense, que venceu o Petrolina por 3x1, no interior de Pernambuco, na última rodada, e se classificou em segundo lugar no Grupo A3. Por ter feito melhor campanha na primeira fase, o CSA tem o direito de fazer a segunda partida em Maceió.

Em caso de empate em pontos ganhos ao final da segunda fase, serão observados os seguintes critérios, pela ordem, para classificação de CSA ou Campinense para a etapa seguinte: a) maior saldo de gols; b) maior número de gols pró assinalados no campo do adversário; c) cobranças de pênaltis.

O outro classificado do Grupo A4 foi o Sousa-PB, que ficou no empate de 0x0 com o Feirense-BA, jogando em casa, e garantiu o segundo lugar, com 13 pontos, sete a menos que o CSA. A equipe paraibana vai enfrentar o Baraúnas-RN, primeiro colocado do Grupo A3, sendo o primeiro confronto em Sousa e o segundo no interior potiguar.

O jogo

O único gol da partida realizada no Estádio Lomanto Júnior, em Vitória da Conquista, foi marcado pelo meia Washington (único titular azulino em campo), cobrando pênalti no primeiro tempo.

O time marujo começou o jogo procurando se impor diante de um adversário já eliminado, desmotivado e sem o apoio da sua torcida - apenas 33 pessoas pagaram ingresso para ver o encontro.

E o primeiro chute a gol foi do CSA. Washington sofreu falta e Marcelo foi o encarregado da cobrança, mas chutou para fora, aos 2 minutos.

Aos 16', a defesa do CSA parou, pedindo impedimento, e o meia Rubens perdeu grande chance diante de Beto. Bem colocado, o goleiro praticou a defesa.

A tentativa de reação do Vitória não intimidou o Azulão, que, aos 16', quase abriu o placar. Washington tentou jogada de efeito (encobrir Felipe), mas a zaga chegou na hora para roubar a bola do meia azulino.

O CSA insistiu e acabou chegando ao gol aos 25', em lance criado por Washington. Ele recebeu na área, tentou ajeitar e recebeu carga do zagueiro Felipe. O árbitro marcou o pênalti que o próprio Washington cobrou, tocando no canto direito do goleiro Neto para abrir o placar no Estádio Lomanto Júnior.

Após a nova saída, o Vitória foi para cima e obrigou o goleiro Beto a fazer defesa arrojada. Mas ficou só nisso. Jogando com personalidade e priorizando a marcação e os contragolpes, a equipe alagoana continuou melhor e ainda criou chances para ampliar no primeiro tempo.

Aos 32', por exemplo, Washington ia marcando o segundo gol, mas o zagueiro Sílvio, no último momento, acabou tocando para escanteio. Aos 40', Washington tabelou com Warley, mas este finalizou fraco contra a meta de Neto.

O CSA começou a fase complementar tomando susto. O lateral-esquerdo Maxwell, ao tentar colocar para fora da área, chutou a bola em cima de um companheiro e ela quase entrou na meta de Beto.

Procurando se tranquilizar em campo, o Azulão saiu para o ataque e, aos 11', criou mais uma oportunidade. A bola foi alçada para a área do Vitória e Warley, embora bem colocado, terminou por cabecear por sobre o travessão da meta defendida pelo arqueiro Neto.

O Vitória respondeu aos 17 minutos. Rubens sofreu falta de Maxwell e o meia se encarregou da cobrança, chutando forte, para o corte da zaga. Depois desse lance, o goleiro Beto voltou a ser exigido pelo menos mais duas vezes.

Na sequência, os dois técnicos mexeram nas equipes e o nível técnico da partida, que já não era bom na etapa final, caiu.

Segurando o placar, sem se ariscar muito nas jogadas de ataque, o CSA só voltou a criar no final da partida. Aos 42', quase ampliou o placar. Alisson enfiou a bola para Washington, que só não marcou porque o goleiro Neto estava atento e impediu a conclusão da jogada. Um minuto depois, foi a vez de Maxwell receber de Washington e soltar a bomba para o arqueiro Neto espalmar para escanteio.

No final, os atletas considerados reservas do CSA, liderados por Washington, comemoram uma vitória importante, que além de ajudar o clube, serviu também para mostrar o valor de cada um deles.

A delegação azulina iniciou a viagem de volta a Maceió, de ônibus, após o jantar, que aconteceu em Vitória da Conquista. A chegada à capital alagoana está prevista para o meio-dia desta segunda-feira.

Nesta segunda, o técnico Lorival Santos dá sequência aos preparativos para o primeiro jogo pela segunda fase, agora conhecendo o adversário. Ele esteve no interior de Pernambuco neste domingo, observando o Campinense vencer o Petrolina e recolheu subsídios importantes para armar seu esquema com vistas ao jogo do próximo domingo, na Paraíba.

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro Série D 2012 – 9ª rodada
Jogo: Vitória da Conquista 0x1 CSA
Local: Estádio Lomanto Júnior, Vitória da Conquista-BA
Data: 26/08 (domingo)
Hora: 16h

Árbitro: Dyorgines Padovane Andrade (CBF-ES)
Auxiliar 1: Fábio Faustino dos Santos (CBF-ES)
Auxiliar 2: Djalma Silva Ferreira Junior (CBF-BA)

Vitória da Conquista:
1- Neto
2- Maicon
3- Felipe
4- Silvio
6- Diego Prates (14-Ícaro, aos 27” do 2T)
5- Edmar
7- Valter
8- Junior (15-Tales, aos 29” do 2T)
10- Rubens
11- Alisson (13-Pedro, aos 8” do 2T)
9- Roni
Técnico: Guilhermino Lima

Banco Vitória da Conquista: 12-Raí, 13-Pedro, 14-Ícaro, 15-Tales, 16-Tiaguinho, 17-Wellington.

EQUIPE DO CSA:
1- Beto
2- André Luiz (14-Alves, aos 32” do 2T)
3- Sinval
6- Rafael
4- Maxwell
5- Jota
8- Guêba
11- Marcelo
7- Washington
10- Warley (18-Alisson, aos 24” do 2T)
9- Robério (16-Wagner, aos 39” do 2T)
Técnico: Rodrigo Fonseca (auxiliar de Lorival Santos)

Banco CSA: 12-Anderson, 13-Duda, 14-Alves, 15-Acácio, 16-Wagner, 17-Parrudo, 18-Alisson.

Fontes: Gazetaweb, Tudo na hora e Futebol Alagoano.

20 de agosto de 2012

CSA assegura primeiro lugar do grupo na Série D, mesmo sem jogar neste final de semana.

Azulão é beneficiado pelo empate do Sousa diante do Itabaiana.
adversário do Azulão na 2ª fase, só sairá no dia 26.


De folga na tabela do Campeonato Brasileiro da Série D, em sua 9ª e penúltima rodada, o CSA aguardava o resultado da partida entre Sousa e Itabaiana para confirmar antecipadamente o primeiro lugar do grupo A4, o que aconteceu.

O CSA assegurou, de forma antecipada, o primeiro lugar do Grupo A-4 da Série D do Brasileirão. O Sousa-PB ficou no empate de 0x0 com o Itabaiana, neste domingo no Estádio Presidente Médici, Itabaiana-SE, e não pode mais alcançar o time marujo, classificndo-se em segundo lugar.

O time paraibano chegou aos 12 pontos e como resta só mais uma rodada, no máximo poderá alcançar os 15, dois a menos que os atuais 17 da equipe alagoana, que faz a segunda melhor campanha na competição, perdendo apenas para o Sampaio Correia-MA, com 18 pontos e 100% de aproveitamento.

A primeira partida, a ser realizada no dia 02 de setembro, ainda não tem local definido pois o adversário marujo, que vem do grupo A3, ainda não garantiu classificação. Horizonte/CE e Campinense/PB brigam pelo segundo lugar no grupo A3 e um deles será o adversário do CSA na próxima fase da competição.

CSA e Sousa vão para a última rodada, portanto, apenas para cumprimento da tabela. O primeiro viaja até Vitória da Conquista-BA para enfrentar o já eliminado time de mesmo nome, no próximo dia 26. No mesmo dia, o segundo recebe a visita do Feirense, outro sem mais nenhuma chance de classificação.

O Sousa já sabe quem vai enfrentar na segunda fase: o Baraúnas-RN, que atingiu os 15 pontos a garantiu a primeira posição do Grupo A-3, sendo o primeiro jogo no interior da Paraíba e o da volta do interior potiguar.

Já o CSA ainda vai ter que esperar pela rodada do próximo domingo para conhecer o segundo colocado do referido grupo.

Por ter assegurado a primeira colocação, o representante alagoano tem o direito de começar a segunda fase jogando fora de casa e, na volta, decidir uma vaga para a etapa seguinte no Estádio Rei Pelé.

ADVERSÁRIOS - Grupo A3

Baraúnas e Horizonte empataram em 0x0 neste domingo, resultado que classificou o Baraúnas e deixou Horizonte e Campinense brigando pelo segundo lugar do grupo.
Na próxima rodada, Campinense, com 11 pontos, enfrenta o Petrolina em Pernambuco, e o Horizonte, com 10, recebe o Ypiranga no Ceará.

Indefinições

Em meio à indefinição quanto ao pagamento dos salários atrasados, os jogadores azulinos se reapresentam no Mutange na manhã desta segunda-feira para dar sequência aos treinamentos para o jogo contra o Vitória da Conquista. O técnico Lorival Santos ainda não decidiu, mas é provável que o CSA leve um time misto para esse compromisso, com o treinador aproveitando para poupar a maioria dos titulares e, ao mesmo tempo, para fazer novas observações em relação aos jogadores que não têm entrado de primeira na equipe principal.

Fontes: Cadaminuto e Gazetaweb

18 de agosto de 2012

CSA Já classificado para a 2ª Fase do Brasileiro, Azulão do Mutange continua treinando a espera de novidades...

Na manhã desta última sexta-feira (17), o elenco azulino realizou treinamentos no CT Gustavo Paiva sob o comando do técnico Lorival Santos. Mesmo sem a definição do compromisso planejado pela diretoria e pela comissão técnica para o sábado, o grupo prossegue com os treinamentos normalmente.

Já contando com o retorno de Washington, que havia sido liberado para resolver problemas pessoais, e do zagueiro Leandro, que cumpriu suspensão na partida contra o Feirense, o treinador azulino terá mais alguns para definir o time que vai à Bahia no dia 26 enfrentar o Vitória da Conquista, encerrando a primeira fase da Série D.

Apesar de classificado, o CSA vai em busca de mais uma vitória para avançar à próxima fase com a vantagem do segundo jogo em casa, com a presença da torcida azulina.

ATRASOS ESTÃO POR CONTA DO INÍCIO DA SÉRIE D!

Após os jogadores terem cruzado os braços devido ainda não ter sido pago o salário de julho, o presidente licenciado do Conselho Deliberativo, Rafael Tenório, prometeu conseguir R$ 60 mil. E a direção do CSA está “correndo a sacolinha” para obter o complemento da folha junto a conselheiros e patrocinadores.

O presidente executivo em exercício, Cícero Eugênio, se defende ao lembrar que nada disso estaria ocorrendo se a Série D tivesse começado no tempo certo. “Houve o atraso de um mês para a sua abertura e isso atrapalhou nosso planejamento. Mas isso está sendo sanado. Afinal, o atraso é de pouco mais de uma semana”, disse, atestando como legítimo e pacífico o movimento dos jogadores e assegurando que o grupo está focado em tentar subir para a Série C.

Os jogadores, que reafirmam que houve promessa de que o salário de julho sairia na terça-feira passada, a pedido da comissão técnica voltaram aos treinos na manhã desta sexta-feira.

Por outro lado, circula no Mutange de que a partida contra o Vitória da Conquista, no dia 26 deste mês, pode vir a ser disputada em campo neutro, mais especificamente em Sergipe, diminuindo os custos da viagem do CSA. É que nesta data o Itabaiana já terá cumprido todas as suas partidas na fase classificatória. E o Vitória da Conquista, “lanterna” do grupo A4, apenas cumpre tabela.

SÉRIE D - CSA tem a liderança geral dentre os 40 times participantes.

Com cinco vitórias e dois empates, o Azulão chegou aos 17 pontos e já está garantido na próxima fase da Série D. Além disso, uma diferença de seis pontos e nove gols separa o CSA do 2º colocado do grupo, o Sousa/PB. Por este motivo, um empate diante do Vitória da Conquista/BA garante o Azulão classificado como líder da fase de grupos, o que dá a vantagem de fazer o jogo de volta na próxima fase em casa.

Artilharia - Ao marcar quatro dos cinco gols da última partida, o meia Ronaldo abocanhou a artilharia da Série D, chegando ao total de oito gols. O feito ajudou ainda na construção do saldo de gols do Azulão, que agora tem 14 marcados e apenas três sofridos -- o segundo melhor saldo da competição. Os gols também ajudaram o CSA a assumir a liderança geral dentre os 40 times da Série D. O segundo colocado é o Cianorte/PR, com um gol a menos no saldo.

O Azulão folga nesta rodada de Domingo (19), e volta aos gramados no dia 26 de agosto, na última rodada desta primeira fase, contra o Vitória da Conquista, na Bahia. Na primeira partida, o CSA venceu em casa por 3x1.

Fontes: Futebol Alagoano e Asscom CSA.

12 de agosto de 2012

CSA aproveita a festa do Dia dos Pais, Ronaldo faz 4 gols e Azulão se classifica para a próxima fase do Brasileiro.

Foi uma tarde sensacional do meia Ronaldo. Com nome de craque, o atleta azulino comandou a goleada do CSA por 5 a 0 contra o Feirense-BA, na tarde-noite deste domingo (12), no Estádio Rei Pelé.

Ronaldo foi o grande destaque do jogo marcando 4 gols.

Com a vitória, o CSA se classificou para a 2ª fase do Campeonato Brasileiro da série D. Agora, o time marujo vai encerrar a 1ª fase jogando contra o Vitória da Conquista-BA, no dia 26 de agosto, no Estádio Lomanto Júnior, às 16h.

Já o Feirense vai jogar todas as suas fichas nas últimas duas partidas contra o Vitória da Conquista-BA (no dia 19/08 às 16h em casa) e encerra contra o Sousa-PB (no dia 26/08 às 16h fora de casa).

O JOGO

O CSA tomou a iniciativa de atacar e, nos primeiros minutos, rondou a área do Feirense com perigo. O jogador mais acionado era o meia-atacante Safira, que foi escolhido para ser o substituto de Washington.

A primeira chance do Azulão nasceu aos 8 minutos. O meia Ronaldo arrematou de longe e obrigou o goleiro Naldo a fazer uma bela defesa. Mas aos 16´ o mesmo Ronaldo venceu o duelo com o arqueiro do Feirense. Após cruzamento de Celico, o meia bateu de primeira e marcou seu quinto gol na Série D.

O Feirense ameaçou aos 27 minutos, num chute violento de Dadai: a bola passou muito perto da trave de Flávio. Insatisfeito com o rendimento da equipe, o técnico do time baiano, Duduzinho, trocou o volante Tom pelo meia Felipe.

Aos 40 minutos, Leandrinho entrou driblando em diagonal e a bola sobrou para o artilheiro Ronaldo, que arrematou de perna direita e marcou o segundo do Azulão. Aos 43´, Macaíba recebeu a bola no comando de ataque e rolou para Ronaldo, que finalizou de canhota com precisão e chegou aos sete gols na Série D.

No intervalo, o novo goleador da Quarta Divisão dedicou os três gols aos pais. "Ao meu e também ao do nosso companheiro Washington, que está passando por momentos difíceis, mas vai se recuperar", declarou Ronaldo.

Segundo tempo

O Feirense partiu para cima na etapa final para tentar diminuir o placar. Logo aos 4 minutos, Jaiminho arriscou e assustou o goleiro Flávio. O CSA perdeu o volante Celico, com uma entorse no tornozelo, e o técnico resolveu dar uma chance a André Luiz.

Aos 15 minutos, Ronaldo fez um lançamento espetacular no peito do atacante Safira, que ganhou da zaga, driblou o goleiro Naldo e marcou um golaço no Rei Pelé: 4 x 0 para o Azulão.

O CSA estava com o jogo controlado e ainda dava estocadas iniciadas pelo meia Ronaldo, destaque absoluto da partida com três gols e uma assistência. Aos 26´, ele acionou o lateral Leandrinho, que desperdiçou a oportunidade.

Para fechar sua atuação brilhante, o meia Ronaldo recebeu a bola aos 44 minutos e partiiu para cima da defesa baiana. Na entrada da área, ele soltou o pé e marcou seu quarto gol na partida.

FICHA TÉCNICA
Campeonato Brasileiro 2012 – SÉRIE D
Estádio Rei Pelé – Maceió
CSA 5 x 0 Feirense-BA

Árbitro Ávelar da Silva(CE)
Assistentes: Ubiratan Bruno Viana(RN) e Valdomir Antonio de Araújo Junior(RN)

Cartões Amarelos:
Safira, André Luiz, Leandrinho e FLávio(CSA) – Rogério e Mota(Safira)

Gols:
Ronaldo 16, 40 e 44min 1ºT e 45 2ºT, Safira 15min 2ºT(CSA)

CSA: Flávio, Leandrinho, Adalberto, Cléberson e Celico(André Luiz); Levi, Jucemar Gaúcho(Guêba), Ronaldo e Jônatas; Safira(Warley) e Paulinho Macaíba.
Técnico: Lorival Santos

Feirense: Nado, Edcarlos, Mota, Alisson e Adriano; Rogério, Mailson, Tom (Felipe) e Valdeir; Arcanjo(Jaiminho) e Dadai(Baiano).
Técnico: Ednaldo Oliveira

Fontes: Futebol Alagoano e Cadaminuto.

7 de agosto de 2012

CSA - Dia dos Pais: ingressos para "jogo da classificação" com preços ainda menores.

No próximo domingo (12), o CSA tem uma importante missão: fará o último jogo em casa desta primeira fase, contra o Feirense/BA, valendo a classificação para as oitavas de final da Série D 2012. Para aliviar um pouco a “tensão”, no mesmo dia será comemorado o Dia dos Pais, e a diretoria azulina resolveu praticar preços promocionais ainda menores para incentivar os papais a irem ao Rei Pelé, incentivar o Azulão!

Ingressos apenas R$ 10,00

Exclusivamente nesta próxima partida, os ingressos das arquibancadas baixas custarão apenas R$10, até a sexta-feira (10), e com um limite de três mil ingressos para o setor. Os valores das arquibancadas altas e das cadeiras seguem o valor promocional dos jogos passados: R$15 e R$40, respectivamente, até a véspera da partida. No domingo, os valores sofrerão reajustes.

Se você é o filhão, dê este presente ao seu papai! E se você é o papai, leve seu filhão ao estádio! De todas as formas, garanta já seus ingressos a preços especiais, nos pontos de vendas tradicionais: lojas Base Azul e Tchuk Jhones, restaurante Pimenta de Cheiro (Trapiche), lanchonete Superbit’s (Jatiúca), sede da Federação Alagoana de Futebol e no CT Gustavo Paiva (Mutange).

Desempenho do CSA

O bom desempenho do CSA este ano, em especial no Campeonato Brasileiro, é notável. Nos jogos como mandante, o Azulão não sabe o que é derrota em 2012. Na Série D, o time segue invicto, líder de seu grupo e entre os melhores da competição, que conta com 40 clubes de todo o país. Desde o final do primeiro turno do Alagoano, a mudança foi notória: o CSA conseguiu uma sequência de 10 jogos sem perder no Estadual, conquistou a terceira colocação e a vaga para o Brasileiro. Nesta competição já são quatro vitórias e dois empates nos seis jogos disputados.

No total, desde que chegou ao CSA, Lorival disputou 23 partidas, incluindo os amistosos preparatórios para o Brasileirão. Destas, foram 15 vitórias, 7 empates e uma única derrota, num aproveitamento total de 75,4%.

Apesar de ainda não ter conquistado nenhum título no CSA, o treinador marujo vem trabalhando incessantemente para solucionar este “pequeno detalhe” em sua trajetória vitoriosa. O Azulão vem de vento em popa, ultrapassando seus adversários em busca do acesso à Série C do Campeonato Brasileiro, e por final, almeja a conquista do inédito título nacional, ainda desejado por todos os times de Alagoas.

Zagueiro Azulino cumpre suspensão

Na partida deste domingo (05), contra o Itabaiana em Sergipe, o zagueiro azulino Leandro recebeu o terceiro cartão amarelo. Desta forma, o jogador irá cumprir suspensão automática no próximo confronto do CSA, contra o Feirense/BA no Rei Pelé.

Leandro vem atuando de forma excepcional nas últimas partidas do Azulão na Série D. Tanto com Adalberto como com Cléberson (a dupla de zaga mais eficiente do Alagoano), o jogador é uma referência no setor defensivo e na liderança do grupo juntamente com o capitão Flávio, e com certeza fará falta em campo. No entanto, o elenco azulino é composto por excelentes zagueiros, e além dos já citados conta com Rafael Araújo e Duda.

Pendurados

Flávio e Sinval são outros que estão perto do limite de cartões amarelos. O goleiro recebeu seu segundo também na partida contra o Itabaiana.

Fonte: Asscom CSA

5 de agosto de 2012

CSA arranca empate por 0 a 0 contra o Itabaiana e está a um ponto da classificação.

Azulão do Mutange conseguiu mais um importante ponto fora de casa e agora decide a 1ª colocação isolada na tabela, só dependendo dele mesmo na próxima partida, contra o Feirense no Trapichão, no domingo, dia 12.

O CSA não conseguiu sair do zero contra o Itabaiana, em partida realizada na tarde deste domingo (05) – no Estádio Presidente Médici, em Itabaiana-SE –, válida pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série D. Apesar de ter criado chances de vencer mais uma fora de casa, o Azulão somou importante ponto, chegou a 14 e segue na liderança do grupo A-4, ainda invicto na competição.

O time do técnico Lorival Santos agora se prepara para receber, na tarde do próximo domingo (12), o Feirense, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, precisando de uma vitória simples para garantir a classificação antecipada para a fase seguinte do certame nacional. O time do interior baiano, ainda com chance de classificação, é o terceiro colocado, com sete pontos.

O Itabaiana, por sua vez, vai tentar a reabilitação fora de casa, também no domingo, contra o Vitória da Conquista-BA. Para este compromisso, o time sergipano (praticamente sem chances de classificação) não poderá contar com o lateral esquerdo Júnior Santos, expulso na partida diante do CSA - que, apesar da vitória, viu a diferença para o segundo colocado, o Sousa-PB, cair para três pontos.

Isso porque o time paraibano venceu em casa o Vitória da Conquista-BA, por 2x1, mantendo-se firme na briga por vaga na segunda fase.

Para o jogo contra o Feirense, Lorival Santos não poderá contar com o zagueiro Leandro, que recebeu o terceiro cartão amarelo e terá de cumprir suspensão automática. Rafael, Cléberson e Sinval - que tem jogado como volante - são as opções para substituí-lo.

Já a direção azulina deve anunciar, nos próximos dias, a contratação de mais três jogadores. Há a informação, por exemplo, de que um atacante já teria fechado acordo com o time do Mutange, mas o nome somente será ser anunciado quando o atleta estiver em Maceió.

O jogo

O gramado do Presidente Médici não oferecia totais condições de jogo, obstáculo que, no entanto, não chegou a prejudicar o time visitante, dono das melhores chances na primeira etapa. Mas quem tomou a iniciativa no começo da partida foi a equipe sergipana, apesar de não conseguir espaço para a finalização.

A primeira grande chance, porém, surgiu dos pés de Leandrinho. O lateral azulino recebeu passe pela direita e chutou forte, vendo o goleiro Max cair no canto esquerdo e fazer importante defesa, aos 10 minutos.

E dois minutos depois, foi a vez de o Azulão voltar a desperdiçar boa oportunidade, quando o meia Celico cobrou falta e viu o zagueiro Leandro subir mais alto que todo mundo, acertando o poste esquerdo do goleiro Max, em bonito cabeceio.

A melhor chance do Itabaiana veio somente aos 17’. O lateral Fabiano foi para cobrança de falta e soltou uma bomba. A bola pegou efeito e o goleiro Flávio se esticou todo para evitar que a redonda entrasse no canto superior direito, espalmando para escanteio.

O CSA, porém, logo voltou a dominar as ações da partida, quase abrindo o marcador aos 43 minutos. O meia Ronaldo, sumido na primeira etapa, avançou pela direita e cruzou rasteiro para Paulinho Macaíba, que acabou perdendo o tempo da bola, sem conseguir a finalização na pequena área.

Um minuto depois foi a vez de Washington receber bom passe. Mas o atacante azulino demorou a finalizar na grande área, chutando, já com a zaga recomposta, na rede pelo lado de fora – para desespero do torcedor azulino, que marcou presença em bom número.

Também aos 44 minutos, o técnico Lorival Santos foi obrigado a processar sua primeira alteração, trocando o lateral Fabiano, lesionado, pelo volante Marcelo. Com a mudança, Celico passou a jogar como lateral e o CSA perdeu um homem de criação no setor de meio-campo.

E o jogo seguiu aberto no segundo tempo, com o Itabaiana criando boa chance logo com um minuto. Na falha de Washington, o volante Jailton dominou na entrada da área e chutou forte. A bola teve a trajetória desviada, devido ao gramado irregular, mas Flávio, atento, defendeu no centro do gol.

O CSA respondeu à altura aos 10’. O atacante Paulinho Macaíba foi lançado nas costas da zaga, livre de marcação, mas acabou desarmado pelo goleiro Max, que deixou a pequena área e fez importante defesa, para desespero do torcedor azulino.

O Azulão voltaria a mexer logo depois, com Macaíba saindo para a entrada do também atacante Warlei, que pouco fez. O time visitante recuou perigosamente, permitindo o avanço adversário, apesar de o Itabaiana também não criar o bastante, errando o último passe.

Já aos 24 minutos, foi a vez de Ronaldo receber na grande área e chutar à queima roupa, na falha da zaga sergipana, mas o goleiro Max fez grande defesa em dois tempos.

Ainda insatisfeito, Lorival resolveu trocar, aos 28 minutos, o meia Ronaldo pelo atacante Jonatas, na tentativa de garantir mais uma vitória fora de casa. CSA e Itabaiana alternaram boas chances nos minutos finais, mas foi o time sergipano quem desperdiçou grande oportunidade de abrir o marcador aos 45’, em finalização do volante Edson, com boa defesa de Flávio.

E antes de o árbitro potiguar Suelson de França Medeiros encerrar a partida, o lateral Júnior Santos, do Itabaiana, acabou expulso ao receber o segundo cartão amarelo, por reclamação.

FICHA TÉCNICA
Campeonato Brasileiro 2012 – SÉRIE B
Estádio Presidente Médici –Itabaiana –Sergipe
Itabaiana 0 x 0 CSA

Árbitro: Suelson França Medeiros (RN)
Auxiliares: Isaac Márcio da Silva Oliveira (RN) e Vinicius Melo Lima (RN)

Itabaiana: Max, Fabiano(Klenisson), Jalnir, Valdson e Junior Santos; Edson, David, Jailton(Paulo Santos) e Thiago Correia; Luciano Fonseca e Roni(Bibi).
Técnico: Ubirajara Veiga

CSA: Flávio, Leandrinho, Adalberto, Leandro e Fabiano(Marcelo); Levi, Jucemar Gaúcho, Celico e Ronaldo(Jonatas); Washington e Paulinho Macaíba(Warley).
Técnico: Lorival Santos

Cartões Amarelos:
- Jalnir, Junior Santos e Edson (Itabaiana)
- Leandro (CSA)

Cartões Vermelhos:
- Junior Santos (Itabaiana)

Fontes: Futebol Alagoano e cadaminuto

29 de julho de 2012

CSA 2x1 SOUSA - Azulão vence mais uma e dispara na liderança do Brasileiro, agora com 13 pontos, 5 pontos a mais que o 2º colocado..

Em jogo válido pela 6ª rodada da Série D, o CSA buscou chegar a uma classificação "virtual" antecipada e venceu o Sousa por 2 x 1, na tarde deste domingo (29), no Estádio Rei Pelé. O Feirense venceu o Itabaiana por 2x0

No primeiro tempo, o Azulão sufocava o adversário na saída de bola e pressionava em busca do primeiro gol, chegando com perigo em alguns momentos. Jogando bem também na zaga, o time marujo não abria espaço para o Sousa, que não conseguia chutar para o gol. Melhor na partida, o CSA abriu o marcador com o zagueiro Cleberson, aos 20 minutos. Mesmo em cima, o Azulão sofreu o empate quando Vitinha marcou aos 25. Depois do gol, o Sousa tentava equilibrar a partida, só que o CSA tinha mais posse de bola, porém não atacava com tanta intensidade. Os minutos finais da primeira foram pegados e com o Azulão chegando mais ao gol e aos 43 minutos, Jucemar deixou o dele, desempatando o jogo.

Com o resultado parcial de 2 x 1, o CSA vai isolando na liderança do grupo A4, com 13 pontos. O Sousa é o 2º colocado com 8 pontos ganhos.

1º tempo

O Azulão começou indo para cima assim que o árbitro deu início ao jogo. Forçado a recuar, o time paraibano se segurava como podia.

Com mais atitude ofensiva, o CSA continuava procurando o gol, mas não conseguia chutar com perigo.

Aos 7 minutos, Paulinho Macaíba chutou de fora da área e Genivaldo defendeu sem dificuldade.

Por pouco o CSA não abriu o placar aos 12. Ronaldo limpou a zaga, chutou cruzado e o goleiro espalmou. Levi ficaria livre para chutar mas a zaga tirou a bola na hora certa para o Sousa. Um minuto depois, Jucemar experimentou de longe e mandou para fora.

Na pressão, o time marujo tentou de novo aos 14 minutos. A bola foi levantada na área e Paulinho Macaíba cabeceou por cima da meta.

O CSA era melhor no jogo e atacava a todo momento. Bem no setor defensivo, o time da casa não abria espaços para o Sousa concluir ao gol.

Em mais um bom lance, a bola foi cruzada na área e Cleberson cabeceou, mas Genivaldo saltou e tirou para a linha de fundo.

É GOL! Na cobrança do escanteio, Cleberson subiu mais que todo mundo e colocou a bola no fundo do gol. CSA 1x0, aos 20 minutos.

Tentando reagir, o Sousa atacou cinco minutos depois. Ricardo invadiu a área e chutou fraco no meio do gol e Flávio defendeu.

É GOL! Em contra-ataque rápido, Vitinho recebeu de Jean Alisson em velocidade, tirou de Flávio e mandou para o gol. É o empate do Sousa: 1x1.

Depois do gol, o Sousa buscava equilibrar o jogo, mas o CSA conseguia ficar mais tempo com a bola, só que deixava de assustar o goleiro adversário.

Cobrando falta aos 33 minutos, Ronaldo soltou o pé e a bola passou perto do gol, mas foi para fora. Aos 37 foi a vez de Washington, que recebeu pela direita e chutou com a equerda, só que por cima da meta.

Nos minutos finais, o jogo era pegado, com o CSA atacando mais e o Sousa tentando contra-atacar.

É GOL! Aos 43 minutos, Washington deu um ótimo passe para Jucemar, que na cara do gol tocou na saída do goleiro. CSA 2x1.

Com esse gol, o time da casa foi para o intervalo vencendo.














Veja o vídeo no link abaixo:
http://tudonahora.ne10.uol.com.br/video/campeonato-alagoano-2012/2012/07/29/csa-2-x-1-sousa

2º Tempo

O Sousa voltou com uma postura mais ofensiva, só que o CSA marcava muito bem e não deixava os paraibanos chutarem com qualidade.

Aos 4 minutos, o Dinossauro marcou com Esquerdinha, de cabeça, mas a arbitragem havia marcado falta antes da conclusão.

Um pouco travado, o CSA saia pouco para o ataque e passava mais tempo se defendendo. Só que depois o Azulão melhorou, procurando o gol no erro do adversário, mas nenhum dos dois times atacavam perigosamente.

A partida era pegada, principalmente no setor de meio campo. Com os dois times cometendo muitas faltas, o jogo ficou morno e sem tantos chutes ao gol.

Aos 22 minutos, Jonatas arriscou de fora da área e Genivaldo fez uma boa defesa. No lance seguinte, Nilsinho recebeu na grande área e chutou fraco, nas mãos de Flávio.

Tentando o empate, o Sousa arriscou de longe com Daniel, aos 26 minutos, mas pegou mal na bola, que subiu muito e foi para fora.

O duelo voltou a ser movimentado e o Azulão e o Dinossauro conseguiam atacar a todo instante em velocidade.

Posteriormente, o time paraibano passou a ficar mais tempo com a bola e mais no setor ofensivo. Enquanto isso a equipe alagoana ficou na retranca esperando o contra-ataque.

Aos 38 minutos, Gustavo foi lançado na grande área e chutou cruzado, por cima do gol.

O Sousa pressionava nos minutos finais, e completamente atrás, o CSA apenas afastava a bola como podia. Assim, o Azulão segurou o jogo e conseguiu mais uma vitória.

O CSA vence mais uma em casa e segue na liderança isolada do grupo A-4 da Série D, com 13 pontos. O time do Mutange agora tem cinco pontos de vantagem sobre o vice-líder, o próprio Sousa.

O Azulão já se prepara para encarar o Itabaiana que é o quarto colocado e perdeu o jogo de hoje para o Feirense por 2x0, com quatro pontos, desta vez o Azulão joga fora de casa.

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro Série D 2012 – 6ª rodada
Jogo: CSA 2x1 Sousa
Local: Estádio Rei Pelé, Maceió-AL
Data: 29/07 (domingo)
Hora: 16h

Árbitro: Claudio Mercante Júnior (Asp. FIFA-PE)
Auxiliar 1: José P. Wanderley da Silva (CBF-PE)
Auxiliar 2: Clóvis Amaral da Silva (CBF-PE)

EQUIPE DO CSA:
1- Flávio
2- Leandrinho
3- Leandro
6- Cleberson
4- Fabiano
5- Levi
8- Jucemar
11- Celico
10- Ronaldo
7- Washington
9- Paulinho Macaíba
Banco CSA: 12-Beto, 13-Rafael Araújo, 14-Sinval, 15-Marcelo, 16-Safira, 17-Warley 18-Jonata
Técnico: Lorival Santos

EQUIPE DO SOUSA:
1- Genivaldo
2- Junior Sertânia
3- Henrique
4- Alisson
6- Camilo
5- Ricardo Mamborê
7- Gideon
8- Daniel
10- Jean Alisson
11- Esquerdinha
9- Vitinho
Banco Sousa: 12-Bel, 13-Gustavo, 14-Eduardo 15-Carlos Henrique, 16-Juninho, 17-Lima, 18-Nilsinho.
Técnico: Suélio Lacerda

Fontes: Tudonahora e Gazetaweb

25 de julho de 2012

CSA - Acordo com diretoria do Sousa/PB garante torcida única no Rei Pelé. O TRAPICHÃO É SÓ NOSSO TORCIDA AZULINA.

O presidente licenciado Jorge VI continua a batalha por mais espaço para a nação azulina no jogo de domingo no Estádio Rei Pelé. Após a linda festa da torcida na partida contra o Itabaiana, o mandatário azulino realizou contatos e conseguiu liberar o Trapichão para receber apenas a massa azul e branca no confronto contra o Sousa/PB.

Jorge entrou em contato com a diretoria do clube paraibano, e negociou o envio de um ofício ao coronel Gilmar Batinga, do CPC, garantindo que não haveria presença de torcedores do adversário do CSA. “Agradeço à diretoria do Sousa e ao comando do CPC por este acordo. Agora, o Rei Pelé é só nosso, e temos que enchê-lo mais uma vez, com uma festa ainda mais bonita no jogo que pode carimbar nossa classificação para a próxima fase da Série D”, declarou.

Desta forma, o torcedor azulino vai poder entrar no Trapichão pelas rampas 1 (entrada pela Siqueira Campos) e 3 (entrada de visitantes). O torcedor integrante de torcidas organizadas só poderá ter acesso ao estádio pela rampa 2, localizada em frente ao estacionamento da empresa Veleiro. Haverá livre circulação entre a “grande arquibancada” e a “arquibancada da lagoa”.

INGRESSOS

A torcida azulina deu um show na partida contra o Itabaiana, comparecendo em peso ao Estádio Rei Pelé. Agora teremos mais um combate neste domingo (29), desta vez contra o Sousa/PB, e agora a arena ficou ainda maior, após o acordo realizado pelo presidente Jorge VI com a PM, que garantiu mais espaço para a nação azulina no Trapichão.

Os ingressos para a partida já estão à venda nos tradicionais pontos: lojas Tchuk Jhones, Base Azul, restaurante Pimenta de Cheiro (Trapiche), lanchonete Superbit’s, sede da Federação Alagoana de Futebol e no CT Gustavo Paiva (Mutange). Os valores promocionais permanecem, sendo R$15 para as arquibancadas e R$40 para as cadeiras.

Mais uma vez, a torcida está convocada a fazer uma grande festa e ajudar o elenco azulino a manter a liderança e a invencibilidade no Brasileirão, além de contribuir para a manutenção dos compromissos financeiros do clube em dia.

Fonte: CSA

CSA - Lorival admite propostas mas descarta abandonar o Azulão. Técnico começa a definir o time para domingo; Jucemar Gaúcho é reintegrado ao elenco.

O treinador Lorival Santos admitiu nesta quarta-feira que de fato tem recebido propostas para deixar o CSA e comandar equipes das Séries C e B, mas garantiu que vai continuar trabalhando no comando da equipe azulina.

- Eu me sinto muito bem no Mutange, mesmo com os problemas causados pelas limitações financeiras do clube. Aliás, as dificuldades só aumentam a minha vontade de continuar. Afinal, para grandes conquistas, grandes desafios. Além de levar em conta que sou respeitado, quero também provar que não sou aquele técnico que, dizem por aí, sempre deixa um trabalho pelo meio do caminho, por causa de dinheiro - disse o treinador

Lorival Santos ressaltou também o papel da torcida: “Ela tem estimulado este grupo. Aproveito para pedir um comparecimento maior neste próximo domingo. Afinal, vamos para mais um jogo dificílimo, encarando um adversário que ainda não conseguimos vencer. Outro detalhe é que todos aqui precisam muito de grandes arrecadações para ajudar na solução dos problemas financeiros do clube”.

Jucemar Reintegrado

O volante Jucemar Gaúcho se reintegrou ao elenco e agora vai passar por uma revisão na parte física. Este foi o resultado da reunião entre diretoria, setor médico e comissão técnica do CSA para tratar da ausência do jogador, que não enfrentou o Itabaiana e não treinou nesta terça-feira.

O impasse foi causado por uma falha de comunicação entre o Departamento Médico e a comissão técnica. Na semana passada, Jucemar ficou fora de dois dias de treinamento por conta de uma indisposição intestinal que o tirou da partida contra o Itabaiana. Nestes últimos dias houve até a especulação de que o jogador estava de saída do CSA.

Um dos destaques do Campeonato Alagoano, ao ponto de ter renovado com o CSA até meados de 2014, Jucemar Gaúcho ainda está devendo na Série D 2012, já que foi expulso no primeiro jogo, teve que cumprir suspensão no segundo, voltou ao time na terceira partida, mas desfalcou o Azulão no domingo passado.

Na tarde deste quarta-feira, o volante se reuniu com os demais atletas antes do treino com bola e pediu desculpas por não ter podido ajudar a equipe no jogo anterior.

Problemas médicos

O técnico Lorival Santos comandou na tarde desta quarta-feira mais uma atividade com bola com vistas ao compromisso com o Sousa-PB, no próximo domingo, no Estádio Rei Pelé. Ele tem pelo menos dois problemas para definir a equipe.

O zagueiro Adalberto e o meia-atacante Washington estão entregues ao departamento médico. O primeiro não participou do coletivo realizado à tarde e ainda passará por uma avaliação médica nesta quinta-feira. Já Washington, com virose, ainda tentou se movimentar com bola, mas deixou o campo do Mutange após a primeira etapa do treino para dar sequência ao tratamento.

O meia Jônatas foi uma das novidades do coletivo, começando no time titular. Na segunda etapa do treino, Lorival Santos o substituiu por Jucemar Gaúcho.

O time considerado titular movimentou-se com Flávio; Leandrinho, Leandro, Cleberson (Rafael Araújo) e Fabiano; Levi (Sinval), Celico, Ronaldo e Jônatas (Jucemar Gaúcho); Washington (Warley) e Paulinho Macaíba.

Por escrito - A direção azulina quer do Sousa uma posição por escrito de sua torcida. Se ela não vier, devido a longa distância do interior paraibano para Maceió, toda a capacidade do Trapichão, domingo que vem, vai ser liberada para o torcedor do CSA.

CSA x Sousa está marcado para as 16h deste domingo, em jogo válido pela 6ª rodada do Brasileiro da Série D.

Fontes: Gazetaweb e Cadaminuto

A TORCIDA MAIS FANÁTICA DO NORDESTE DO BRASIL!

O show da torcida Azulina

O show da torcida Azulina
...o trapichão é nosso!